Cidadeverde.com
Esporte

Gol no minuto final determinou o empate entre Flamengo e Timon

Imprimir

Durante o primeiro tempo do jogo Flamengo e Timon no Lindolfo Monteiro o rubro-negro foi melhor, porém quem abriu a contagem foi  a equipe timonense aos 33 minutos através de Mateus. 

Foto - Elziney Santos - FFP

E parecia certa a derrota para o melhor time em campo, quando Marcos Gasolina aos 47 empatou em 1 x 1. Na fase final a equipe de Timon esteve mais vibrante no jogo, buscando mais o gol, que saiu logo aos 7 minutos em conclusão de Tonhão, de cabeça. 

Somente na reta final da partida o Flamengo foi com tudo para o ataque, a fim de tentar evitar o resultado negativo. Correu o risco de sofrer um terceiro gol, mas não havia outra alternativa. E acabou dando certo. 

Aos 46 minutos, já nos acréscimos, o atacante Mateus (mais de 2 metros de altura ) finalmente acertou uma cabeçada fulminante no ângulo direito do goleiro Lucas, determinando o empate de 2 x 2. Foi um belo gol e um gol que o Flamengo estava merecendo.

Ficha técnica de Flamengo 2 x 2 Timon

Local - Estádio Lindolfo Monteiro

1º tempo - empate de 1 x 1, gols de Mateus para Timon aos 33 minutos e Marcos Gasolina aos 47 para o Flamengo.

2º tempo - empate de 1 x 1, gols de Tonhão aos 7 minutos para Timon e Mateus para o Flamengo aos 46 minutos.

Final - empate de 2 x 2.

Flamengo - João Manoel; Danilo, Índio, Correia e Fred (Dalton); Fredisson(Dudu), Willam, Marcos Gasolina e Índio Pernambucano; Lucas Bacelar (Ramildo) e Mateus. Técnico - Paulo Moroni.

Timon - Lucas; Júnior Tatu, Natan, Tonhão e Victor César (Thalysson); Amarildo, Wederson, Mateus e Wildson (Marlon); Fernandinho (Artur) e Ozeias. Técnico - Nivaldo Lancuna.

Árbitro - Djalma Alves de Lima, com boa atuação, apesar de haver recebido atendimento médico em pleno campo, quando o jogo estava para começar.

Assistentes - Álisson Lima Damasceno e Andowílson da Silva Araújo.

4º árbitro - Rafael Oliveira.

Na classificação do Campeonato Piauiense o Flamengo chegou a 4 pontos e Timon está com 1 ponto. Cada equipe atuou 3 vezes.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir