Cidadeverde.com
Esporte

Brasileiros iniciam disputa por vaga para estreia do caratê nas Olimpíadas

Imprimir

A disputa entre caratecas brasileiros por uma vaga nas Olimpíadas de Tóquio, no Japão, a primeira a receber a modalidade, terá início na próxima sexta-feira (7), em seletiva nacional promovida pela CBK (Confederação Brasileira de Karatê), em São Paulo.

O evento contará com os atletas melhores ranqueados em diferentes categorias, divididas por gênero e peso, nas modalidades kumite, o combate em si, e kata, em que são avaliadas sequências de movimentos. Os vencedores de cada uma irão ao Pré-Olímpico de Paris, em maio, para tentar cravar ida ao Japão.

Na França, os três primeiros de cada categoria terão vaga para Tóquio. Os caratecas ainda poderão se classificar através de um ranking olímpico gerido pela WFK (Federação Mundial de Karatê, na sigla em inglês), devido ao desempenho em competições continentais ou a convite das federações nacionais.

Cada país poderá ter no máximo um atleta por categoria nos Jogos Olímpicos -serão oito no total, com dez lutadores em cada. Por sediar a competição, o Japão terá um representante garantido em cada uma delas. O Brasil ainda não definiu seus competidores.

Em Tóquio, skate, surfe e escalada esportiva irão acompanhar o caratê como estreantes -beisebol e softbol ainda voltarão ao programa olímpico. Já em 2024, nas Olimpíadas de Paris, a luta não estará presente, já que o país-sede decidiu trocá-la pelo breakdance entre as quatro modalidades acrescidas.

Com início às 9h, o Pré-Olímpico brasileiro será realizado no ginásio de esportes do Esperia (avenida Santos Dumont, 1313 - Santana), na capital paulista. O evento contará com apoio do clube que irá sediá-lo e da FPK (Federação Paulista de Karatê).

Fonte: Folhapress

Imprimir