Cidadeverde.com
Últimas

Bando é suspeito de fazer 20 arrastões na zona Sudeste e torturar vítimas

Imprimir

O 21º Distrito Policial está investigando uma organização criminosa suspeita de “aterrorizar” a zona Sudeste de Teresina. Segundo o delegado Odilo Sena, a quadrilha já teria realizado mais de 20 arrastões em menos de três semanas. 

Nessa segunda-feira ação conjunta entre o 21º DP e o 8º Batalhão da Polícia Militar localizou um carro que estava sendo usado pela organização criminosa para realizar assaltos na região.

O veículo, um palio que havia sido roubado pelos criminosos, foi encontrado no bairro Bom Princípio, na região da Taboca do Pau Ferrado. 

O delegado Odilo Sena conta que  três suspeitos já foram identificados e é questão de tempo serem presos. Pelo menos sete pessoas teriam participação direta na organização criminosa e alguns membros são primos e adolescentes. 
De acordo com o delegado, a quadrilha age com violência e invade casas, estabelecimentos comercias e assaltam transeuntes. 

“São ações extremamente violentas chegando às raias da tortura, com arma na cabeça, engatilhando. Eles exigem dinheiro, joias, aparelhos eletrônicos. O modus operandi mais comum desse grupo é invadir residências. As pessoas estão em suas casas nos sábados, domingos com a porta aberta e eles invadem as casas”, conta o delegado. 

Foto: Izabella Pimentel/Cidadeverde.com

De acordo com as investigações, a quadrilha age com mais frequência nas regiões da Taboca do Pau Ferrado, Jardim Europa e Usina Santana.

"É um grupo de cinco a sete indivíduos da mesma região. Realizaram vários roubos contra várias vítimas então a gente pede que as vítimas procurem a delegacia,o 21º DP. O 8º BPM e o 21º DP já estão cientes de toda situação  e imbuídos no sentido de encontrar esses moleques, esses canalhas criminosos para a gente fazer o flagrante. Se não der, vou pedir a prisão de todos", acrescenta. 

 


Izabella Pimentel
[email protected] 

Imprimir