Cidadeverde.com
Últimas

Grupo investigado por instalar chupa-cabra atua em agências da zona Leste

Imprimir

Foto: Roberta Aline / Arquivo Cidadeverde.com

O grupo suspeito de instalar dispositivos para reter cédulas sacadas por clientes em uma agência do Banco do Brasil na Piçarra também é suspeito de ter sacado R$ 1.000 em uma agência na zona Leste. Segundo a equipe de investigação, o caso ocorreu no sábado (8) na Caixa Econômica da avenida Presidente Kennedy. Os aparelhos são conhecidos como “chupa-cabra”.

“Uma nova vítima apareceu denunciando que não conseguiu sacar dinheiro. Fomos investigar as imagens de segurança e identificamos na Caixa o mesmo grupo visto na agência da Piçarra, no mesmo final de semana”, informou Washington Pereira, investigador do 6° Distrito Policial. 

Até o momento, quatro pessoas são consideradas suspeitas, sendo duas delas um casal. De acordo com a equipe de investigação, dois dos suspeitos estavam na agência da Piçarra no momento em que uma equipe da Polícia Militar flagrou os dispositivos. 

A Polícia Civil também não descarta a possibilidade de novas vítimas em outras agências. “Caso a pessoa se considere vítima, pode procurar o 6° DP”, informou.

A investigação acredita que até a próxima semana vão representar pela prisão da quadrilha. 

Valmir Macedo
[email protected]

Imprimir