Cidadeverde.com
Últimas

Idosos descobrem o mundo da informática no Centro de Convivência Jatobá

Imprimir

Foto: Ascom/Semcaspi

  Os avanços da tecnologia, as novas formas de comunicação e uso da internet é uma realidade no mundo inteiro, sobretudo para as novas gerações. Computadores e celulares conectados à internet passaram a fazer parte do dia a dia das pessoas. Entretanto, para as gerações anteriores, esta é uma realidade bastante complicada. Pensando nisso, o Centro de Convivência e Fortalecimento de Vínculos da Pessoa Idosa “Jatobá” está ofertando oficinas de informática e tem tido uma boa receptividade entre os usuários do serviço.

O objetivo das oficinas é dar autonomia para os idosos fazerem uso da internet no seu dia a dia e, assim, incluir eles no mundo digital. O Jatobá conta com oito computadores em seu laboratório de informática e cerca de 20 idosos frequentam as oficinas, que são divididas em três turmas.

Teresinha de Sousa Oliveira, de 83 anos, frequenta o Centro de Convivência desde sua inauguração, que ocorreu em agosto de 2019. Muito ativa e extrovertida, a idosa conta que se sente muito bem nas aulas de informática e que já aprendeu bastante. “Entrei aqui nesse Centro de Convivência e estou me dando muitíssimo bem. Em agosto, eu fui ao CRAS e me falaram da inauguração daqui, eu participei, gostei e estou frequentando até hoje. Eu estou amando e venerando isso aqui. No computador eu já aprendi a ligar, manusear e digitar”, declara a idosa.

Além dos computadores, nas oficinas os idosos também aprendem a manusear seus celulares, visto que grande parte não sabe; assim, saber realizar uma ligação pode ajudar bastante em uma situação de urgência. “Eu frequento as aulas de informática porque tenho um celular e não sei usar, mas agora já aprendi fazer ligação. Estou me sentindo muito bem fazendo estas aulas, estou amando”, finaliza dona Teresinha.

A oficina teve início ano passado e contou com um considerável número de participantes, o que incentivou a dar continuidade no projeto. O instrutor Matheus Nunes da Silva Santos, de 23 anos, afirma que a oportunidade de trabalhar com os idosos é maravilhosa. “Essa troca entre gerações é bastante rica. Como todo caminhar tem suas dificuldades, aqui não foi diferente, porque muitos deles nunca tiveram contato com um mouse ou um teclado. Eu me sinto bem feliz porque não se resume somente em estar com elas no laboratório, eles ganham autonomia por meio do mundo digital”, explica.

Maria das Graças, 60 anos, diz que tem gostado bastante das aulas porque é uma forma de não ficar ociosa em casa. “Tem muitas atividades para fazer aqui, para a gente não ficar parada em casa. Agradeço por quem teve essa ideia de fazer esse local para nós que já estamos chegando a uma idade avançada, aqui a gente aprende muita coisa e também conhece nossos direitos”, destaca.

A coordenadora do Centro de Convivência, Stephanie Santos, fala da importância das oficinas para os idosos. “A internet e os aparelhos eletrônicos, muitas vezes, afastam ou até mesmo excluem os idosos desta forma de socialização. Então, nosso objetivo é utilizar isso como uma ferramenta que possa incluir e aproximar os idosos da família, ajudar a manter os vínculos. Também, é uma oportunidade que permite que os usuários, sem sair de casa, possam ter acesso a direitos e diversos serviços. Para eles é interessante poder acessar a internet para marcar uma consulta, procurar alguma informação, um vídeo ou uma receita, por exemplo”, lembra.

Outra atividade desenvolvida com os usuários do Centro, por meio das oficinas, é a leitura. A coordenadora explica que muitos idosos têm dificuldade de leitura, o que dificulta o uso do computador. “Então para que eles não fiquem excluídos utilizamos a oficina de informática como uma ferramenta para auxiliar na leitura, pois estas atividades estimulam a memória, a coordenação motora e tudo isso é muito importante para eles”, conta.

O Centro de Convivência Jatobá possui capacidade para atender 250 idosos. O prédio possui oito salas mais um laboratório de informática, auditório, refeitório e espaços de convivência. Toda a estrutura é adaptada para acessibilidade. Atualmente, cerca de 100 idosos frequentam as atividades como roda de conversa, oficina de artesanato, capoterapia, oficina de dança, dentre outras nos turnos manhã e tarde.

A unidade é administrada pela Secretaria Municipal de Cidadania, Assistência Social e Políticas Integradas (Semcaspi) em parceria com a Ação Social Arquidiocesana (ASA). O Centro de Convivência Jatobá fica localizado na Avenida Jatobá nº 2911 – Conjunto Jatobá, zona Sul de Teresina.
 

Da Redação 
[email protected]

Imprimir