Cidadeverde.com
Geral

Detentos são suspeitos de assaltar ponto e obrigar vítima a dar carona

Imprimir

Três internos do regime semiaberto da Colônia Agrícola Penal Major César são suspeitos de assaltar um ponto comercial no Povoado Alegria, zona Rural de Teresina, e obrigar uma das vítimas a deixá-los em um carro próximo à unidade penal na BR-343, no município de Altos.

O assalto ocorreu por volta das 20h de terça-feira da semana passada. A filha do motorista que foi obrigado a deixar os três suspeitos de carro nas proximidades da Major César contou que os assaltantes pularam o muro do estabelecimento. 

"Três meliantes pularam o muro pela lateral. Meu pai estava sentado conversando com o dono do comércio quando o primeiro criminoso apontou o revólver para o meu pai já alterado, nervoso gritando", contou.

Os outros dois suspeitos invadiram o ponto comercial e levaram o celular e algumas bebidas do comércio. Após ter os pertences levados, o homem foi obrigado a dirigir até as proximidades da penitenciária. 

O 21° Distrito Policial  na Usina Santana investiga o caso. De acordo com o delegado Odilo Sena 1/3 dos detentos sai com intuito de cometer crimes. 

“São aproximadamente 600 presos lá na Major César sendo que 200 presos toda santa noite saem para cometer assalto, roubo, crime, estupro”, contou o delegado que chegou a chamar a unidade penal de "lixo".

O Cidadeverde.com entrou em contato com a Secretaria Estadual de Justiça (Sejus) que informou que um dos suspeitos de envolvimento no crime permanece foragido.

Valmir Macêdo (Com informações do Jornal do Piauí)
[email protected]

Imprimir