Cidadeverde.com
Esporte

A vitória do 4 de Julho afastou o River da luta pelo título

Imprimir

A torcida riverina confiava em vitória sobre o 4 de Julho, na noite desta quarta-feira (19) no Estádio Albertão. Estaria em campo um time campeão estadual e representante piauiense na Copa do Nordeste e Copa do Brasil, dono de um faturamente já recebido de mais de 1 milhão e 700 mil reais nas duas competições nacionais. 

Foto - River AC

Enquanto isso, o time de Piripiri não jogou uma só partida em sua cidade, em face de serviços no gramado do estádio Ytacoatiara.  Pois o 4 de Julho venceu o jogo por 2 x 1, com inteiro merecimento.  Iniciada a partida e ficou clara a desastrada atuação do sistema defensivo tricolor. 

Com 20 minutos de jogo o placar já estava 2 x 0. Foi uma repetição do que tivemos na derrota para o América de Natal pela Copa do Nordeste, no mesmo Albertão. Somente nos primeiros 15 minutos do segundo tempo, o River pressionou. 

O 4 de Julho se defendeu com competência, equilibrou as ações e terminou vencendo mesmo por 2 x 1.  Resultado que premiou a melhor atuação colorada.

Certamente que o River está alegando desgaste provocado pela sequência de jogos e viagens, o que não é verdade. O River tem feito menos jogos do que os seus adversários no Campeonato Piauiense.

Equipes grandes de outras capitais também estão na Copa do Nordeste, Copa do Brasil e nos campeonatos estaduais e não estão entre os piores nas disputas locais. O que houve mesmo foi muita mediocridade nos 5 jogos. Foram disputados 15 pontos, dos quais ganhou apenas 4. Uma vergonha.

0 4 de Julho, que nada tem a ver com isso, ganhou o jogo e está na luta pelo título piauiense, mesmo viajando de ônibus 5 vezes para jogos nas casas dos adversários.

Ficha técnica de River 1 x 2 4 de Julho:

Local - Albertão.

Gols - Daniel aos 14 minutos, Ricardinho aos 20(ambos para o 4 de Julho) e Érico Júnior aos 32 para o River. Todos os gols foram marcados no primeiro tempo.

River - Flávio Henrique; Carlos Henrique, Cris, Felipe Barros ( Alex Augusto) e Biro Biro; Émerson, Érico Júnior, Gustavo Henrique e Jean Natal (Santos); Romário e Lucas Brasil (Valdo Bacabal). Técnico - Marcelo Vilar.

4 de Julho - Jaílson; Dreivison, Gilmar Bahia, Caio e Diguinho (Eduardo); Vítor Recife, Ricardinho, Daniel e Ted Love; Maicon Douglas (Edinaldo) e Ítalo Pica Pau (Bernardo). Técnico - Emanuel Sacramento.

Árbitro - Ideilon Hélton Alves Lima; Assistentes - Janystone Rabelo de Melo e Wánderson dos Santos Lima; 4º árbitro - Edimar da Silva Leite.

A classificação no Campeonato Piauiense ficou assim:

- Picos com 14 pontos; Altos - 11; Parnahyba - 11; 4 de Julho - 09; River - 04; Flamengo - 04; Timon - 04; Piauí com 02 pontos. Na noite desta quinta-feira (20) Parnahyba e Flamengo atuarão em Parnaíba.

Dídimo de Castro
[email protected]

Imprimir