Cidadeverde.com
Esporte

Santos vence Defensa y Justicia e quebra jejum de 13 anos na Libertadores

Imprimir

Em sua estreia na Libertadores de 2020, nesta terça-feira (3), o Santos venceu o Defensa Y Justiça (ARG), de virada, por 2 a 1, e, de quebra, se livrou de um jejum que incomodava a equipe desde 2007. Há 13 anos o time alvinegro não ganhava um duelo na abertura do torneio.

Jobson e Kaio Jorge marcaram os gols do time dirigido por Jesualdo Ferreira, já na etapa final. Juan Rodríguez havia aberto o placar no primeiro tempo.

A última vez que a equipe paulista somou três pontos na estreia foi diante do Blooming (BOL), derrotado pelos santistas por 1 a 0, duelo pela pré-Libertadores.

Em suas cinco participações seguintes no torneio, a equipe da Vila empatou com Cúcuta (COL), em 2008, Deportivo Táchira (VEN), em 2011, e Sporting Cristal (PER), em 2017, além de ter sido derrotada por The Strongest (BOL), em 2012, e Real Garcilaso (PER), em 2018.

O revés diante dos venezuelanos em 2011, contudo, foi o único do Santos naquela edição, histórica para o clube por marcar a conquista de seu terceiro caneco do continental, com sete vitórias e seis empates na sequência do campeonato.

Na próxima rodada, o time dirigido por Jesualdo vai encarar Delfín, do Equador, estreante no continental. O duelo será disputado na Vila Belmiro.

Fonte: Folhapress

Imprimir