Cidadeverde.com
Política

Damares: Este governo não vai segmentar a luta das mulheres

Imprimir

Foto: Pedro Ladeira/ Folhapress

A ministra da Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves, afirmou nesta sexta-feira, 6, que o governo Bolsonaro não irá "segmentar a luta das mulheres" e atuará por todas as "mulheres esquecidas". A declaração foi feita em evento no Palácio do Planalto, em razão do Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março, neste domingo.

Segundo a chefe da pasta, o governo trabalha em prol das mulheres indígenas, idosas, cristãs e das mães de pessoas com deficiências, autismo e de doenças raras, categorias "esquecidas" em anos anteriores. "Estamos comemorando o Dias das Mulheres, eu sonho que a gente não precise mais de um dia para comemorar o Dia das Mulheres, que todos os dias seja um dia de reflexão", disse.

A ministra também exaltou e agradeceu o trabalho desempenhado pelas secretárias nacionais no governo do presidente Bolsonaro. Damares ressaltou que elas estão "fazendo o Brasil dar certo" e que é preciso mostrar o trabalho desempenhado por elas.

Damares surgiu vestida de azul e rosa, em referência a um comentário polêmico que proferiu no início do governo sobre uma "nova era" que dizia ter começado. "Menino veste azul e menina veste rosa", afirmou em um vídeo divulgado em janeiro de 2019.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir