Cidadeverde.com
Entretenimento

Metallica adia shows de abril no Brasil por causa do coronavírus

Imprimir

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

#MetInPrague #WorldWired #Metallica

Uma publicação compartilhada por Metallica (@metallica) em

 

 Metallica anunciou o adiamento de quatro shows que faria no Brasil em abril por causa da pandemia do novo coronavírus. A banda passaria com turnê WorldWired por Porto Alegre (21 de abril, na Arena do Grêmio), Curitiba (23 de abril, no estádio Couto Pereira), São Paulo (25 de abril, no estádio do Morumbi) e Belo Horizonte (27 de abril, no estádio Mineirão).

Segundo comunicado divulgado no site oficial do grupo a ideia é remarcar as apresentações para dezembro. Procurada, a Live Nation afirma que as novas datas e informações sobre ingressos devem ser divulgadas em breve.

"Estamos todos colocando a segurança em primeiro lugar, auto-isolando e com a distância social, mas não para sempre! Com isso dito, os shows da turnê sul-americana originalmente planejados para abril estão em processo de mudança para dezembro", diz a nota.

Greta Van Fleet seria a responsável pela abertura em todos os shows da turnê pela América do Sul e o grupo Ego Kill Talent estaria nos eventos no Brasil.
"Greta Van Fleet vai ficar a bordo para fazer essa rodada conosco, e vamos a todas as cidades, mas alguns lugares dos shows podem mudar. Voltaremos ainda nesta semana com as novas datas e detalhes sobre ingressos, locais e tudo o que você precisa saber", afirma o comunicado.

O Metallica ainda passaria por Santiago (Chile), em 15 de abril, e Buenos Aires (Argentina), em 18 de abril.

A Covid-19 tem causado o cancelamento de diversos eventos musicais. Os Backstreet Boys, também trazidos pela Live Nation ao país, tiveram de adiar a última apresentação que fariam em São Paulo.
O Lollapalooza Brasil, agendado para 3, 4 e 5 de abril, no autódromo de Interlagos (zona sul de São Paulo), foi reagendado para os dias 4, 5 e 6 de dezembro. As versões da Argentina e do Chile seguiram o mesmo movimento e, do fim de março, passam para o fim de novembro.

No Brasil, os sete shows da boy band inglesa McFly, que seriam em março, foram transferidos para setembro e outubro: São Paulo (24/9), Curitiba (25/9), Porto Alegre (27/9), Uberlândia (29/9), Ribeirão Preto (1º/10), Belo Horizonte (3/10) e Rio de Janeiro (4/10).

"Devido a conquequencias imprevisíveis da crise de saúde mundial e o alerta de pandemia de coronavírus da OMS, a turnê do McFly no Brasil foi adiada," explicou a banda no Instagram.
A passagem conjunta de Offspring e Pennywise no Brasil, em março, também foi adiada por tempo indeterminado.

O Coachella, um dos principais festivais do mundo, foi remarcado nesta semana. O evento na Califórnia seria realizado de 10 a 12 e 17 a 19 de abril. Agora, vai ser de 9 a 11 e de 16 a 18 de outubro.
As cantoras brasileiras Anitta e Pabllo Vittar são duas representantes do Brasil no lineup, que ainda conta com Rage Against the Machine, Travis Scott, Frank Ocean, Lana Del Rey e Fatboy Slim.
Performances de bandas como o Pearl Jam e da cantora Madonna também tiveram de ser canceladas.

O grupo liderado por Eddie Vedder adiou a primeira parte da turnê Gigaton, que começaria em 18 de março e contaria com 17 shows na América do Norte.
Em Paris, Madonna seguiu a recomendação da polícia local e cancelou duas apresentações da turnê Madame X, em 10 e 11 de março.

O Ultra Music Festival, em Miami, o Tomorrowland Winter, em Alpe d'Huez (França), e shows de Bob Dylan no Japão também seguiram o caminho.

Fonte: Amon Borges / Folhapress

Imprimir