Cidadeverde.com
Esporte

Dirigentes europeus planejam retomar o calendário do futebol em julho ou agosto

Imprimir

Os dirigentes do futebol europeu confiam que as disputas poderão ser retomadas no segundo semestre. Para isso, elaboraram um documento, nesta quinta-feira, que será enviado a seus membros para que haja uma aprovação.

"Estamos confiantes de que o futebol poderá recomeçar nos próximos meses, com condições que serão ditadas pelas autoridades públicas. Neste momento, acreditamos que qualquer decisão de abandonar as competições nacionais é prematura e não justificada", afirmou o comunicado, assinado pelo presidente da UEFA, Aleksander Ceferin, pelo presidente da ECA (Associaação dos Clubes Europeus), Andrea Agnelli, e pelo presidente das Ligas Europeias (EL), Lars-Christer Olsson.

Competições, incluindo a Liga dos Campeões e a Liga Europa, foram suspensas no mês passado, quando o surto da covid-19 se espalhou pela Europa e os governos impuseram bloqueios, proibindo reuniões esportivas.

Os grupos de trabalho da UEFA têm avaliado os aspectos legais, regulamentares e financeiros, além dos problemas causados pela interrupção abrupta do futebol e formulou planos para retomar as disputas além da conclusão planejada da temporada 2019-20 para 30 de junho.

"O trabalho agora está focado em cenários que abrangem os meses de julho e agosto, incluindo a possibilidade de as competições da UEFA recomeçarem após a conclusão das ligas nacionais", afirmou a carta enviada às ligas, clubes e associações nacionais "Um gerenciamento conjunto de calendários é estritamente necessário como a conclusão da temporada atual deve ser coordenada com o início da nova."

E a carta prosseguiu: "É de suma importância que mesmo um evento perturbador como esta epidemia não impeça que nossas competições sejam decididas em campo, de acordo com suas regras e que todos os títulos esportivos sejam atribuídos na base de resultados."

Na Bélgica, o Brugge está 15 pontos à frente do Gent, segundo colocado, mas ainda com um jogo antes dos playoffs finais. A liga belga anunciou há uma semana, que o Brugge será declarado campeão se o plano pelo final da temporada for confirmado em uma assembleia geral em 15 de abril.

Mas isso pode fazer com que Brugge perca um lugar na Liga dos Campeões. "Como a participação nas competições de clubes da UEFA é determinada pelo resultado alcançado ao final de uma competição nacional completa,

a rescisão levantaria dúvidas sobre o cumprimento de tal condição", relatou o documento oficial, sem citar a Bélgica nominalmente.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir