Cidadeverde.com
Entretenimento

"Era uma máquina de fazer música", diz Xand Avião sobre Paulynho Paixão

Imprimir

O cantor Xand Avião lamentou nesta sexta-feira (3) a morte do cantor Paulynho Paixão, vítima de um acidente de moto na madrugada de hoje. O artista piauiense é o compositor da música “Nota 10”, responsável por impulsionar a nova fase da carreira de Xand, após a reformulação da banda Aviões do Forró. Para o ex-parceiro de Solange Almeida, Paulynho era uma máquina de fazer música.

“Um dos maiores compositores que eu já tive o prazer de conhecer e gravar muita música dele. Nunca vou deixar de ser fã. O cara era uma máquina de fazer música. Um jeito de compor completamente diferente. Tinha uma melodia própria”, disse Xand nas redes sociais.

“A última música que gravei de Paulynho Paixão virou uma febre nacional, que é Nota 10”, relembrou. A música ganhou clipe gravado na cidade de Caicó, no Rio Grande do Norte.

Assista:

O cantor, que se recuperou recentemente da covid-19, disse que soube da notícia assim que acordou nesta sexta-feira.

“Quando eu acordei recebi a notícia. Que Deus conforte a família e leve o Paulynho Paixão para um bom lugar. Eu gostava muito dele. Estou aqui para desejar conforto para a família”, disse emocionado.

Xand ainda citou outra música de sucesso do cantor piauiense, só que agora na voz da dupla Simone e Simaria. A canção chama-se "Volta, vai", gravada pela dupla no DVD Bar das Coleguinhas.

"Ele se foi, mas as músicas dele com certeza vão tocar muito ainda. Simone e Simaria têm muitos sucessos dele.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir