Cidadeverde.com
Viver Bem

Atenção com a comida das crianças em casa no isolamento social

Imprimir

Por conta da pandemia do coronavírus, pais e filhos foram obrigados a permanecer em casa para evitar a proliferação de Covid-19. Com isso, a rotina da casa foi modificada, com a criançada longe da escola e dos hábitos tradicionais. Com isso, é preciso manter uma atenção especial com os menores para a manutenção de uma dieta equilibrada, evitando assim o excesso de guloseimas e alimentos pouco nutritivos.

Mas como conseguir sucesso nessa missão? O ideal é evitar manter na dispensa uma grande quantidade de doce. Mas também não é preciso ser radical. Afinal, todos estão trancados em casa e, às vezes, bolacha e chocolate ajudam a passar por essa fase de forma mais fácil.

Para não precisar ficar pedindo sempre que desejar um biscoito pelo delivery ou se expor constantemente no supermercado, mantenha um estoque de guloseimas em casa, mas dificulte o acesso. Assim, consuma os doces em momentos especiais em família, ao invés de abrir um pacote de bolacha todo dia após o almoço, por exemplo.

Além disso, mantenha uma rotina alimentar. Prefira alimentos saudáveis, eliminando o excesso de frituras e gorduras. Legumes e vegetais devem fazer parte das refeições. As frutas também devem fazer parte do cardápio. Aliás, elas ajudam a eliminar o desejo por doce.

A conservação dos alimentos também precisa fazer parte da lista. Por fim, mantenha seus filhos ativos, evitando assim ficar horas em frente à televisão jogando ou assistindo a desenhos animados.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir