Cidadeverde.com
Geral

Jovem de 19 anos é preso no Piauí com carro roubado na Bahia

Imprimir

Foto: PRF

Um jovem de 19 foi preso conduzindo um carro com registro de roubo na Bahia. A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na noite dessa sexta-feira (17) na BR-316, no município de Inhuma, a 240 Km de Teresina.

O veículo, que estava ainda com as placas de identificação, chamou a atenção dos policiais que realizaram a abordagem. O carro foi roubado na cidade de Salvador (BA) em abril de 2019.

“Os policiais estavam realizando policiamento ostensivo quando foi dado ordem de parada ao condutor que empreendeu fuga sendo necessário a realização de acompanhamento tático”, informou a PRF.

Os policiais solicitaram ao jovem toda a documentação pessoal e do veículo. O real proprietário do veículo foi contactado pela PRF que confirmou o roubo do bem.

“Indagado pelos policiais, o condutor informou informou que não tinha conhecimento que o veículo era produto de roubo/furto, bem como declarou que seu pai havia comprado o referido bem de terceiro há 15 dias e que não sabia informar o valor”, contou a PRF em nota.

O jovem de 19 anos informou, ainda, que não portava CRLV e não possuía CNH. Ele e o veículo foram encaminhados à Polícia Civil da cidade de Valença para os procedimentos cabíveis. O condutor poderá responder pelo crime de receptação.

Homem preso em Picos

Um motociclista de 29 anos com passagens por receptação foi preso nessa sexta-feira (17) pela PRF na BR-316, município de Picos, pilotando motocicleta roubada. Os policiais deram ordem de parada devido o condutor estar transportando um passageiro sem capacete de segurança.

Foto: PRF

Ao realizar os procedimentos de identificação do veículo, os policiais constataram que a moto possuía registro de roubo datado de março de 2020 na cidade de Picos.

Os policiais identificaram também que o condutor já possui passagens por receptação e responde a processo criminal na comarca de Picos por este mesmo crime.

O homem e a motocicleta foram encaminhados à Polícia Civil e também poderá responder por mais um crime de receptação.

Valmir Macêdo
valmirmaced[email protected]

Imprimir