Cidadeverde.com
Geral

Advogados irão receber kits anti-Covid e ajuda para comprar alimentos

Imprimir

Em uma live na qual interagiu com advogados e advogadas de todo o Piauí, a presidente da Caixa de Assistência da Advocacia Piauiense (Caapi), Andréia Araújo, anunciou a entrega de kits de prevenção à Covid-19 na capital e em todas as 13 subseções da OAB.

Os kits foram comprados com dinheiro repassado pelo FIDA e estão sendo montados para em seguida serem distribuídos. Isso deve começar a acontecer nesta primeira semana de maio.
Andréia Araújo tirou dúvidas e respondeu questionamentos de advogados. 

Ela elencou as principais ações da diretoria da Caapi voltadas para os advogados nessa época de pandemia.

No primeiro momento, foi disponibilizada orientação médica, psicológica e nutricional através de uma plataforma 0800.

O educador físico Felipe Said foi contratado para ministrar 15 aulas para os advogados se exercitarem em casa, na quarentena. Elas continuam disponíveis nas redes sociais da Caapi.

Também foram oferecidos à categoria empréstimos a juros de 1,85% em parceria com o banco Sicoob. Outra parceria, com o Banco do Nordeste, está sendo finalizada para garantir mais crédito aos advogados.

Em outra frente, cursos tecnológicos são oferecidos através do site da Caapi.

A campanha de vacinação contra a gripe, com uma vacina tetravalente, foi antecipada e iniciada entre os advogados de grupos de risco (em sistema de drive thru). "A partir de agora, iremos iniciar a segunda fase da vacinação, incluindo todas as subseções", conta Andréia Araújo. A retomada deve se iniciar na quarta-feira, dia 6.

Além de tudo isso, a Caapi está liberando R$ 1.000,00 para o advogado que pegar Covid-19 e mostrar carência financeira.

Outra ajuda, mais ampla, é o auxílio alimento de R$ 200,00 para compra de comida. Mil advogados serão beneficiados.

A presidente ressaltou que, apesar do sistema OAB não receber dinheiro público, mantendo-se apenas com as anuidades, um esforço foi feito para garantir todas essas ações. "Somos transparentes e nos preocupamos muito com o dinheiro dos advogados, por isso, prestamos conta de tudo que é feito e como é gasto", avisa.

 

[email protected]

Imprimir