Cidadeverde.com
Últimas

Vacinação contra gripe para pessoas com doenças crônicas inicia nesta quarta (6)

Imprimir
  • vacinação_cronicas_-11.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-14.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-13.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-12.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • vacinação_cronicas_.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

A partir desta quarta-feira (6), pessoas com doenças crônicas podem se vacinar contra as complicações provenientes das doenças respiratórias pela influenza. A Fundação Municipal de Saúde (FMS) de Teresina recebeu do Ministério da Saúde 50 mil doses de vacina contra gripe, que abasteceram 69 Unidades Básicas de Saúde (UBS) espalhadas na capital piauiense.

“Reforçamos que todas as unidades básicas foram abastecidas com a vacina da gripe exceto as 20 UBSs que são exclusivas gripais. Você que é portador de doenças crônicas pode procurar qualquer uma dessas unidades, que são 69, na zona urbana e rural. É necessário que você apresente um documento médico que comprove a sua situação doença crônica”, explicou Kledson Batista, diretor de Atenção Básica da FMS.

A campanha permanecerá até que todo o público da segunda etapa seja alcançado. A vacinação funciona nos turnos manhã e tarde. As pessoas com doenças crônicas deverão apresentar atestado médico (recente ou de 2019) ou receita que comprove a sua situação clínica.

A vacina não protege a pessoa contra o novo coronavírus e sim contra a Influenza, doença respiratória infecciosa cuja origem é viral. A transmissão direta de pessoa a pessoa é a mais comum e ocorre por meio de gotículas expelidas pelo indivíduo infectado com o vírus, ao falar, espirrar ou tossir. Há evidência de transmissão também pelo modo indireto, por meio de contato com a secreção de doentes.

A Influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a ocorrência de casos da influenza varia de leve a grave e pode levar ao óbito, especialmente nos indivíduos que apresentam fatores ou condições de risco para as complicações da infecção (crianças menores de 5 anos de idade, gestantes, adultos com 60 anos ou mais, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais).

A hospitalização e morte ocorrem principalmente entre os grupos de alto risco. Em todo o mundo, estima-se que estas epidemias anuais resultem em cerca de 3 a 5 milhões de casos de doença grave e de cerca de 290.000 a 650.000 mortes.

A terceira etapa da Campanha deverá iniciar somente após o município atingir a meta da segunda etapa. “A FMS também irá aguardar mais doses do Ministério da Saúde”, explica o diretor de Atenção Básica, Kledson Batista, que informa que o dia D foi suspenso pelo Ministério da Saúde com o intuito de evitar aglomeração de pessoas no período de pandemia do coronavírus.

CONFIRA LISTA DE UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS) QUE POSSUEM VACINA CONTRA GRIPE:

UBS DA REGIÃO SUL:
1. Vila Confiança
2. Leônidas AntonioDeolindo (Saci)
3. Francisco Soares Filho (São Pedro)
4. Dr José Wilson Batista (Vermelha)
5. Maria De Jesus Carvalho (Porto Alegre)
6. Bruno Rafael Rodrigues De Sousa (Esplanada)
7. Dr Augusto De Castro (Km 07)
8. Dr Durvalino Couto (Bela Vista)
9. São Camilo (Lourival Parente)
10. Dr José Cândido/Carolina Silva
11. Nossa Senhora Da Paz (Vila Da Paz)
12. Sérgio Luiz Chantal Nunes (Três Andares)
13. Cristo Rei
14. Parque Pioneiro I/Santo Antonio
15. Dr José De Arimatea Dos Santos (Betinho)
16. Dr Francílio Ribeiro De Almeida (Angelim)
17. Dep. Xavier Neto (Mário Covas)
18. Dra Virgínia Castelo Branco (Sta. Clara)
19. Chapadinha Sul
20. Dr Elon Constantino De Aguiar (Alegria)
21. Dr Leônidas Melo (Cerâmica Cil)
22. Antonio Pessoa Dos Santos (Vamos Ver o Sol)
23. Hugo Prado

UBS DA REGIÃO NORTE:
1. Cecy Fortes
2. José Ribeiro De Carvalho (Cidade Verde)
3. Memorare
4. Dr Manoel Ayres Neto (Parque Wall Ferraz)
5. Dr Mariano Mendes (Monte Alegre)
6. Parque Brasil
7. Dr Evaldo Carvalho (Nova Brasília)
8. Adelino Matos
9. Dr Marcos Guedes (Nova Teresina)
10. Jacinta Andrade I
11. Dr Fernando Gomes Correia Lima (Jacinta Andrade II)
12. Dra Maria Teresa De Melo Costa (Mafrense)
13. Deputada Francisca Trindade (Água Mineral)
14. Buenos Aires
15. Dois Irmãos
16. Bela Vista Rural
17. João Cirilo (Boa Hora)

UBS DA REGIÃO LESTE:
1. Dra Onésima Nascimento (Santa Bárbara)
2. Dr Henrique Melo Castelo Branco (Vale Do Gavião)
3. Vila Bandeirante
4. Dr Félix Francisco Pereira Batista (P. Universitário)
5. Mama Mia
6. Piçarreira
7. Dr Francisco José Da Costa Sousa (Ininga)
8. Anita Ferraz
9. Vila do Avião
10. Deputado Alberto Monteiro (Soinho)
11. Dr Dirceu Arcoverde (Santa Teresa)
12. Gilmar Carvalho/Santa Luz
13. Coroatá
14. Cacimba Velha
15. Campestre Norte

UBS DA REGIÃO SUDESTE:
1. Nossa Senhora Da Guia
2. Pe. Mário Rocchi (P. Esperança)
3. Dr Reginaldo M. Castro (Renascença)
4. Raimunda Soares Oliveira (Firmino Filho)
5. Redonda
6. Dr Gil Martins (Usina Santana)
7. Deus Quer
8. Alto Da Ressurreição
9. Boquinha
10. Taboca do Pau Ferrado
11. Dr Chagas Martins (Estaca Zero)
12. Atalaia

LISTA DE DOENÇAS CRÔNICAS - PARA ACESSO À VACINA CONTRA GRIPE NAS UBS:

-DOENÇA RESPIRATÓRIA CRÔNICA:
Asma em uso de corticóide inalatório ou sistêmico (Moderada ou Grave);
Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC);
Bronquiectasia;
Fibrose Cística;
Doenças Intersticiais do pulmão;
Displasia broncopulmonar;
Hipertensão Arterial Pulmonar;
Crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade.

-DOENÇA CARDÍACA CRÔNICA:
Doença cardíaca congênita;
Hipertensão arterial sistêmica com comorbidade;
Doença cardíaca isquêmica;
Insuficiência cardíaca.

-DOENÇA RENAL CRÔNICA:
Doença renal nos estágios 3,4 e 5;
Síndrome nefrótica;
Paciente em diálise.

-DOENÇA HEPÁTICA CRÔNICA:
Atresia biliar;
Hepatites crônicas;
Cirrose.

-DOENÇA NEUROLÓGICA CRÔNICA:
Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica;
Considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: Acidente Vascular Cerebral, Indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla, e condições similares; 
Doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; 
Deficiência neurológica grave.

-DIABETES:
 Diabetes Mellitus tipo I e tipo II em uso de medicamentos.

-IMUNOSSUPRESSÃO:
Imunodeficiência congênita ou adquirida
Imunossupressão por doenças ou medicamentos

-OBESOS:
Obesidade grau III.

-TRANSPLANTADOS:
Órgãos sólidos; 
Medula óssea.

-PORTADORES DE TRISSOMIAS:
Síndrome de Down, Síndrome de Klinefelter, Sídrome de Wakany, dentre outras trissomias.
 

Valmir Macêdo
[email protected]

Imprimir