Cidadeverde.com
Últimas

'Se colocou o Mário Frias na Cultura, tem que por o dr. Rey na Saúde', ironiza Fontenelle

Imprimir

Fotos: Reprodução/instagram/@ladyfontenelle

Apoiadora do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), Antônia Fontenelle criticou a escolha de Mário Frias como possível substituto de Regina Duarte na Secretaria Especial da Cultura. "Tudo virou uma grande piada, um deboche sem tamanho [...]", escreveu ela no Stories do Instagram.

Em publicação na rede social, Fontenelle também disse que, se o presidente errar mais uma vez na escolha "colocando alguma marionete na pasta", ela vai se opor a ele. "Vou pro front, e brigar pelo que é certo posso afirmar que é a minha especialidade. Espero que não seja necessário."

A atriz e apresentadora ainda ironizou: "Se colocou o Mário Frias na Cultura, tem por obrigação por o dr. Rey na saúde. Se a ideia é nomear apoiadores marionetes, vamos dar uma chance ao dr. Rey." O cirurgião plástico virou meme nas redes sociais ao gravar um vídeo se oferecendo para assumir o cargo de ministro da Saúde após a saída de Nelson Teich.

Fontenelle também comentou que jamais aceitaria o cargo na Secretaria Especial da Cultura "por ter a plena consciência da minha incapacidade". "Afinal precisamos tirar a cultura de um país da CTI".

MÁRIO FRIAS NA CULTURA
Bolsonaro deve nomear o ator Mário Frias, ex-galã de "Malhação", para o comando da Secretaria Especial da Cultura. A expectativa é que o anúncio seja feito nesta quinta-feira (21). O ator foi sondado na terça-feira (19), em almoço no Palácio do Planalto, e, de acordo com relatos feitos ao jornal Folha de S.Paulo, demonstrou disposição em assumir o posto.

Na tarde desta quarta-feira (20), Bolsonaro e Frias tiveram uma conversa sobre as expectativas do presidente para a nova gestão. Segundo assessores presidenciais, ele espera que o ator aumente o rigor na concessão de benefícios ao setor do audiovisual e implemente mudanças na Lei Rouanet. A atriz Regina Duarte, que estava há quase três meses na função, deixou o comando da pasta oficialmente nesta quarta-feira (20) e vai assumir agora a Cinemateca Brasileira, em São Paulo. Antes de sua partida à capital paulista, ela deve ajudar o ator no período de transição.

Mário Frias, que é entusiasta do governo Bolsonaro, atualmente é apresentador do game show "A Melhor Viagem", exibido pela RedeTV!. Mas seu rosto é bem mais conhecido pela época como protagonista da sexta temporada do seriado "Malhação", a partir de 1999, quando fazia par romântico com Priscila Fantin.

Fonte: Folhapress

Imprimir