Cidadeverde.com
Geral

Mais de 170 mil teresinenses ficarão sem água e concessionária orienta reserva

Imprimir
  • ciro_e_kleber_-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-20.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-19.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-18.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-17.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-16.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-15.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-14.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-13.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-12.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-11.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • ciro_e_kleber_.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

A partir de 21h desta terça-feira (26) mais de 170 mil teresinenses moradores dos 30 bairros da zona Leste de Teresina terão o abastecimento de água suspenso. O transtorno é necessário para que a empresa Águas de Teresina instale uma nova unidade de bombeamento na região após a atual estrutura apresentar vazamentos. 

A concessionária avisa que a previsão é de que o serviço seja concluído no começo da manhã de quarta-feira (27), com retorno gradativo do fornecimento. Aos moradores da zona Leste, a Águas de Teresina orienta  uso racional e  reserva  de água para 24 horas.  Por causa da obra, o trânsito está interditado no sentido Norte/ Leste da Avenida Universitária. Agentes da Superintendência Municipal de Transportes e Trânsito (Strans) dão orientação aos condutores que trafegam no local. 

A Águas de Teresina informa que está ciente da importância da água para a higiene pessoal e doméstica, principalmente neste período de pandemia do coronavírus,  e afirma que está comprometida em “finalizar o reparo no menor tempo possível e com a devida qualidade que a intervenção para melhoria requer”.

“Estamos cientes que esse é um momento delicado, no qual a água se faz imprescindível para as atividades de higiene. Avaliamos minuciosamente a situação e concluímos que é mais seguro iniciar a operação da nova unidade de bombeamento, que conta com tecnologia de ponta e confere segurança operacional e aumento em 30% na capacidade de distribuição”, explica o diretor executivo da Águas de Teresina, Diego Dal Magro. 

A concessionária antecipou a entrega do novo booster, que contará com três bombas de capacidade de vazão de 3,6 milhões de litros por hora. O incremento será de 830 mil litros de água a mais, a cada hora, beneficiando em especial os bairros localizados no extremo da zona Leste. O valor do investimento é de aproximadamente R$ 4,9 milhões.

 

Izabella Pimentel
Com informações da Águas de Teresina
[email protected]

Imprimir