Cidadeverde.com
Últimas

SUS vai ofertar auriculoterapia no Piauí; aberta capacitação de profissionais

Imprimir

O Ministério da Saúde, através da Coordenação Nacional de Práticas Integrativas e Complementares em Saúde, em convênio com a Universidade Federal de Santa Catarina, está oferecendo o curso de formação em auriculoterapia para profissionais da saúde da atenção básica. 

O curso será semi-presencial. Atualmente, o Sistema Único de Saúde (SUS) oferece, de forma integral e gratuita, 29 procedimentos de Práticas Integrativas e Complementares (PICS) à população. Os atendimentos começam na Atenção Básica, principal porta de entrada para o SUS.

A auriculoterapia é uma técnica de estimulação de pontos específicos da orelha (geralmente por meio do uso de sementes vegetais esféricas aderidas à pele). Ela é para ser utilizada como um complemento à medicina convencional em tratamentos que utilizam recursos terapêuticos baseados em conhecimentos tradicionais, voltados para prevenir diversas doenças como depressão e hipertensão.

O curso

O  curso   de Auriculoterapia  é dividido em 2 etapas: uma etapa a distância (EAD) com carga horária de 75 horas, constituído de cinco módulos sequenciais, e uma etapa presencial, com carga horária de 5 horas, realizada após a finalização da EAD.

Quanto aos pré-requisitos para inscrição, os candidatos devem ser profissionais de saúde de nível superior da atenção básica, lotados em equipes de Saúde de Família, unidades básicas ou centros de saúde tradicionais, NASF (Núcleos de Apoio à Saúde da Família), equipes de atenção domiciliar, mas são aceitos também profissionais de CAPS (Centros de Atenção Psicossocial) e serviços de reabilitação.

O curso é totalmente gratuito para os profissionais!

As inscrições para o curso sobre auriculoterapia já estão abertas e podem ser feitas acessando o link: http://auriculoterapiasus.ufsc.br . O curso tem duração de 80 horas, sendo 75 horas na modalidade EAD e 5 horas presenciais que serão realizadas  com data  e local a serem a ser definidos  pela coordenação estadual do polo, com aula presencial  a ser realizada  provavelmente no mês de outubro . 

Outras informações estão à disposição na Gerência de Atenção Básica em Saúde, da Secretaria de Estado da Saúde – 86 3216 3623   ou pelo watssap  9 8864 -6257  falar com Claudenice Santos ( técnica de referência de PICs – PI  na Coordenação Nacional do Ministério da Saúde- DF).

Da redação
[email protected]

 

Imprimir