Cidadeverde.com
Últimas

Piauí registra mais de 1.200 casos pelo 2º dia seguido, e coronavírus avança no interior

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Ampliada às 20h05

O Piauí voltou a registrar mais de 1.200 novos testes positivos para o coronavírus nas últimas 24 horas. Com isso, o total de casos confirmados chegou a 23.307. Com 11 mortes registradas nesta quarta-feira (1º), os óbitos agora somam 697. 

Foram 1.248 novos casos confirmados, a segunda maior marca desde o início da pandemia - o recorde foi estabelecido na terça-feira (30), com 1.637 testes positivos. Desses casos, 507 são de Teresina e outros 741 do litoral e interior do estado, o que confirma tendência observada em levantamento feito pelo Cidadeverde.com: a capital deixou de concentrar a maioria dos infectados, que estão se espalhando por outros 206 municípios. 

Teresina chegou a representar 63% dos casos de todo o Piauí no final de abril - número que caiu para 42,5% no fim de maio. Com os dados atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi) nesta quarta-feira, a capital têm hoje 37,76% do total de testes positivos.

 

Os mais de 62% de casos do interior e litoral são puxados por Parnaíba, que ultrapassou a barreira dos 3 mil testes positivos (3.064), Campo Maior (790), Picos (718) e Barras (602). Esses municípios somam 5.174 pessoas infectadas pelo coronavírus desde março. 

No que diz respeito aos óbitos, a situação se inverte. Teresina tem mais de 58% da vidas perdidas em toda a pandemia - isso sem contar pacientes do interior do estado que são internados e acabam por falecer na capital. 

Novos óbitos confirmados
Foram 9 mortes na capital: cinco homens (55, 72, 73, 83 e 92 anos) e quatro mulheres (68, 86, 92 e 96 anos). Teresina agora acumula 396 óbitos. 

Parnaíba confirmou sua 62ª morte - um homem de 48 anos. 

Também foi registrado o terceiro óbito do município de Cocal - uma mulher de 76 anos.  

 

Situação hospitalar
Os números de internações sofreram poucas mudanças. São 893 leitos ocupados - um a menos que no dia anterior. Foram 19 novas altas médicas - 1.094 no total acumulado. 

São 556 pacientes em leitos clínicos, 23 em estabilização e 314 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

 

Fábio Lima
[email protected]

Imprimir