Cidadeverde.com
Esporte

Flamengo recebe o Volta Redonda de olho no título do Estadual

Imprimir

O Flamengo enfrenta o Volta Redonda, neste domingo (5), pela semifinal da Taça Rio, o segundo turno do Campeonato Carioca.

A volta do estadual do Rio ocorreu cercada de polêmicas. A federação decidiu retomar o campeonato mesmo em meio à alta de casos de coronavírus no país.

A segunda controvérsia diz respeito aos direitos de transmissão de TV. Um dia depois de o Flamengo exibir o jogo diante do Boavista pelo seu canal oficial, a FlaTV, a Globo anunciou, na quinta-feira (2), que rescindiu o contrato de transmissão do campeonato estadual do Rio.

A emissora disse que detinha a exclusividade na exibição dos jogos do torneio por ter contrato firmado com a federação e os outros 11 times da competição, à exceção do rubro-negro.

Para exibir a partida na FlaTV, o clube se diz amparado pela Medida Provisória 984, assinada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e publicada no Diário Oficial do último dia 18.

A medida dá ao clube mandante -no caso da quarta-feira, o Flamengo- a prerrogativa de comercializar seus direitos de transmissão. Até então, o texto da Lei Pelé previa que esse direito pertencia às duas partes envolvidas na partida.

Neste domingo, rubro-negro enfrenta o clube que ficou em segundo lugar do grupo B, desbancando o Vasco. O Volta Redonda fez uma boa campanha na fase de grupos e acabou com 10 pontos -mesma quantidade que o líder Fluminense e dois a mais do que o clube cruz-maltino.

Segundo o lateral direito rubro-negro Rafinha, o Volta Redonda é uma equipe perigosa. "Acho que todos os quatro times que chegaram têm qualidade. Se estão na semifinal, é porque mereceram.

O Volta Redonda é uma equipe perigosa, tem jogadores experientes. Temos muito respeito, assim como temos com todas as equipes, mas nossa equipe está preparada para essa semifinal", disse.

Fonte: Folhapress

Imprimir