Cidadeverde.com
Política

Políticos e autoridades lamentam morte de Assis Carvalho; Governo decreta luto de três dias

Imprimir

Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados

Vários políticos e autoridades se solidarizaram com familiares do deputado federal Assis Carvalho (PT-PI), que faleceu na tarde deste domingo (5), vítima de infarto, em Oeiras, Sul do Piauí. A Prefeitura de Teresina e o Governo do Estado decretaram luto oficial de três dias. 

O prefeito de Teresina, Firmino Filho (PSDB), publicou mensagem nas redes sociais após a confirmação da morte do deputado federal, que também era presidente do PT no Piauí. 

"Lamento muito a morte repentina do deputado Assis Carvalho. Num momento em que precisamos ainda mais dos que amam e defendem os interesses do nosso Estado, perder um deputado que sempre levantou a nossa bandeira é uma perda muito significativa", disse Firmino.

Em Teresina, foi decretado luto oficial de três dia. "Que Deus console a família e os amigos. Que a gente saiba valorizar quem sempre esteve ao lado do Piauí. Em homenagem ao trabalho prestado à Teresina, decretamos luto por três dias na cidade", completou o prefeito.

 

 

Em nota de pesar, o Governo do Estado lembrou que Francisco de Assis Carvalho Gonçalves foi presidente da Agespisa, diretor geral do Detran e secretário de Estado da Saúde do Piauí. O governador Wellingon Dias também decretou luto oficial de três dias. 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Foi inacreditável receber esta notícia. Na verdade, foi um golpe duro e muito lamentável: Assis Carvalho, meu companheiro, meu colega, meu amigo da vida inteira. Meu irmão. Um combatente guerreiro, mas alegre e cheio de energia. No âmbito pessoal, um homem cheio de virtudes, das quais, destaco a receptividade: o melhor anfitrião que já conheci. Chegar na casa dele, em Oeiras, era sempre uma festa, fosse em qualquer hora ou qual época do ano. Vivemos incontáveis momentos juntos. Começamos nossa experiência pública juntos no movimento sindical e oriundos da mesma Caixa Econômica Federal. No Sindicato dos Bancários, lutamos e dividimos conquistas impensáveis para aquele tempo em que atuamos. Na política, nas lutas do nosso Partido dos Trabalhadores, na gestão pública, na vida real. Ele era sempre o primeiro a me defender, em público ou não, e o primeiro a dizer que eu estava errado, se a ocasião pedisse. Que falta você vai fazer ao nosso Piauí, Assis. Obrigado por tantos serviços prestados à nossa gente. O seu legado estará sempre em nossos corações e em cada obra e ação que você realizou enquanto esteve aqui. À família, todo o meu carinho. O Wellington, o amigo de vocês, está aqui para o que precisarem. Vá em paz, meu líder!

Uma publicação compartilhada por Wellington Dias (@wellingtondiasoficial) em

 

Fernando Haddad, ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro da Educação, se manifestou nas redes sociais e classificou Assis Carvalho como "um deputado muito comprometido com a justiça social" e "pessoa extremamente generosa". 

 

 

A deputada federal Gleisi Hoffman (PT-PR), presidente nacional do Partido dos Trabalhadores, recebeu a notícia com tristeza e afirmou que pretende se fazer presente na despedida de Assis Carvalho. "Amanhã estaremos com nossos companheiros e companheiras do Piaui e com a família do Assis. Solidariedade e força a todos(as)".

 

 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

“Não sei porque você se foi Quanta saudade vou sentir E de tristeza vou viver E aquele adeus não pude dar”

Uma publicação compartilhada por Maria Regina Sousa (@reginasousapiaui) em

 

Hérlon Moraes e Fábio Lima
[email protected]

Imprimir