Cidadeverde.com
Últimas

Piauí registra 25 mortes e mais de mil novos casos em 24 horas

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Ampliada às 20h43

O Piauí registrou 25 mortes e 1.003 novos casos de infecção pelo coronavírus nas últimas 24 horas. Os dados foram atualizados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), na noite desta segunda-feira (6). 

Com os novos números, são 834 mortes e 25.514 casos confirmados desde março, quando o Piauí teve seus primeiros registros de covid-19. O número de internações sofreu alterações pouco significativas. 

Foram 14 novas mortes confirmadas de Teresina: quatro homens (49, 77 e 78 e 78 anos) e 10 mulheres (47, 61, 66, 68, 70, 75, 75, 89, 90 e 92 anos). São 473 na capital desde março. 

Com mais um óbito (mulher, 83 anos), são 71 vítimas da Covid-19 de Parnaíba. 

Campo Maior tem agora 17 mortes. A última foi de um paciente de 62 anos, do sexo masculino. 

Picos chegou a 15 mortes confirmadas. A mais recente delas, uma paciente de 91 anos, do sexo feminino. 

Também foram registrados o oitavo óbito de Floriano (homem, 54 anos), União (mulher, 63 anos) e Pedro II (mulher, 94 anos), o sexto de Altos (mulher, 46 anos), e o quarto de Bom Jesus (mulher, 53 anos) e Ribeiro Gonçalves (mulher, 74 anos).

Com óbitos confirmados de Assunção do Piauí (homem, 84 anos) e São João da Serra (homem, 85 anos), agora são 94 municípios que tiveram vidas perdidas para a covid-19.  

 

Casos confirmados
Em 213 dos 224 municípios do Piauí, foram confirmados casos de infecção pelo coronavírus - São Braz entrou na lista. 

Teresina ultrapassou a marca de 10 mil casos (10.186), sendo 305 novos testes positivos nas últimas 24 horas. 

Depois da capital, aparecem Parnaíba (3.557), Campo Maior (927), Picos (823) e Barras (719). 

Situação hospitalar
Mesmo após mais 24 pacientes receberem alta médica desde a noite de ontem, o número de leitos ocupados teve ligeiro crescimento - 910, um a mais que o dia anterior. 

São 563 pacientes em leitos clínicos, 18 em estabilização e 329 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

 

Fábio Lima
[email protected]

Imprimir