Cidadeverde.com
Economia

Segmento da indústria demonstra confiança e expectativa de crescimento econômico no Piauí

Imprimir

Após mais de três meses de atividades paralisadas, o setor industrial do Piauí está retomando de forma gradativa suas atividades no Estado. Com as definições de protocolos a serem seguidos em três etapas, o segmento retornou nessa segunda semana de julho e demonstra confiança e expectativas de que a atividade industrial possa ter resultados positivos no restante do ano de 2020.

O presidente do Centro das Indústrias do Estado do Piauí (CIEPI), Andrade Júnior, fala sobre a volta do setor e a importância de respeitar e seguir os protocolos estabelecidos. “Depois de mais de 100 dias de paralisação do setor produtivo de Teresina e do nosso Estado, estamos voltando as atividades e a indústria se sente motivada para esse novo momento. Adotamos todos os protocolos para uma retomada segura, que garanta a saúde dos nossos colaboradores dentro da empresa. E confiamos que, dentro desse novo semestre que se inicia, consigamos o retorno de toda a atividade produtiva industrial e o crescimento como vinha acontecendo nos meses de janeiro e fevereiro”, informa.

O retorno gradual deve ser feito em três etapas seguindo as determinações de segurança e proteção dos colaboradores. Na primeira etapa, serão duas semanas que compreende o período de 06 a 17 de julho. Com 50% do efetivo de colaboradores, em quatro dias na semana e um turno de seis horas. Na segunda etapa, mais duas semanas seguintes, no período de 20 a 31 de julho, com 75% dos trabalhadores, em cinco dias na semana e ainda um turno de seis horas. Já na terceira etapa, serão mais duas semanas, no período de 03 a 14 de agosto, porém com 100% dos colaboradores, cinco dias na semana e um turno de seis horas.

Andrade Júnior comenta que nesse período do novo normal estabelecido é o momento de fortalecer o trabalho, a segurança e o empenho para o desenvolvimento econômico do Estado. “Acho que o tempo agora é de arregaçar as mangas, tomar todos os cuidados e trabalhar forte seguindo toda essa volta gradativa como foi acordada. Estamos confiantes e acreditamos que daríamos uma alavancada no setor industrial recuperando os empregos que, infelizmente, muitos foram perdidos nesses meses de paralisação e também o desenvolvimento para o nosso Estado”, finaliza o presidente do CIEPI.


Da redação
[email protected] 

Tags:
Imprimir