Cidadeverde.com
Últimas

"Alô Mulher Teresina": 0800 oferece rede de serviços para mulher em situação de violência

Imprimir

Foto:RobertaAline/CidadeVerde.com

A partir desta terça-feira (14) as mulheres em situação de vulnerabilidade social e vítimas de violência  podem contar com "Alô Mulher Teresina". Através de ligações gratuitas, o programa oferece uma rede de serviços para área de saúde mental, assistência social e protagonismo feminismo com o objetivo de estimular a ressocialização e uma maior independência financeira .

O Alô Mulher Teresina foi lançado na tarde de hoje pelo prefeito Firmino Filho e a Secretária Nacional de Mulheres, Cristiane Britto. O programa funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h, através do número 0800 033 0302, e tem a possibilidade de atender, inicialmente, até 480 ligações por dia. O serviço dispõe também de um ramal de emergência que poderá ser acionado pelas mulheres em caso de alguma urgência. 

Os atendimentos serão através de uma equipe especializada e com um acompanhamento em tempo real. Um dos objetivo da programa é impedir que mulheres sejam vítimas de violência doméstica.

 “Temos trabalhado para ampliar o acolhimento às mulheres, especialmente durante a pandemia, período em que percebeu-se aumento nos casos de violência doméstica. Então, essa iniciativa vem se somar a outras ações do município para proteger e garantir, de forma inovadora, os diretos das mulheres de Teresina”, disse o prefeito Firmino Filho.

A Secretária Nacional de Mulheres, Cristiane Britto, elogiou a iniciativa e ressaltou que a prefeitura de Teresina é pioneira na implantação do programa. “Teresina é um exemplo de como a rede de atendimento as mulheres pode funcionar de forma harmoniosa e eficaz”, afirmou.

Atendimento em fases
O teleatendimento poderá ter ser feito em até três fases, dependendo da gravidade da situação de cada mulher. Ela poderá ser atendida por especialista por meio de ligação de voz ou vídeo. Esse serviço também contará com um ramal de emergência que poderá ser acionado pelas mulheres em caso de alguma urgência.

A Secretária Municipal de Políticas Públicas para Mulheres, Macilane Gomes, explica que um dos destaques do novo serviço é a articulação de várias secretarias municipais, que irão prestar atendimento através de uma equipe especializada e com um acompanhamento em tempo real.
 “São oito pastas envolvidas nesse trabalho. É muito importante que a gente possa proporcionar um maior suporte num momento de fragilidade que as mulheres estão passando”,disse.

O sistema teleatendimento foi desenvolvido pela empesa OPT Tecnologia em Comunicação. “Esse é um canal que conta com a mais moderna tecnologia de comunicação. Quem ligar, não precisa ter crédito ou sinal de internet. A mulher pode fazer a ligação de qualquer local e ter acesso a um atendimento especializado segundo sua necessidade”, explica o CEO fundador da OPT, Dante Brazão.

O “Alô Mulher Teresina” é coordenado pela Secretaria Municipal de Políticas Públicas para Mulheres (SMPM) e contará ainda com a parceria da Secretaria Municipal de Cidadania Assistência Social e Políticas Integradas (SEMCASPI), Fundação Municipal de Saúde (FMS), Secretaria Municipal de Economia Solidária (SEMEST), Fundação Wall Ferraz (FWF), Empresa Teresinense de Processamento de Dados (PRODATER), Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SEMDEC) e Secretaria Municipal de Administração (SEMA).

 

Izabella Pimentel
Com informações da PMT
[email protected]

Imprimir