Cidadeverde.com
Geral

Fumaça gerada por empresa de resíduos causa revolta em moradores do bairro Areias

Imprimir

 

Moradores do bairro Areias, zona sul de Teresina, denunciam os transtornos causados por uma empresa de gerenciamento de resíduos localizada nas proximidades. De acordo com o relato da comunidade, a empresa realiza diariamente um trabalho de incineração de materiais, o que leva fumaça e cinzas direto para as residências do bairro. 

Além do incômodo diário, os moradores também sofrem com problemas respiratórios, ocasionados pela inalação da fumaça, ocasionada pelo trabalho realizado pela empresa Raiz Soluções em Resíduos. A sujeira ocasionada pelas cinzas também acaba danificando móveis, eletrodomésticos e até mesmo roupas. 

O comerciante, Ezaquiel Costa, enviou um vídeo ao Cidadeverde.com mostrando a situação. Ele conta que os moradores colecionam prejuízos e cobram uma solução urgente para resolver o problema. 

"Nós respiramos essa fumaça quase todos os dias. Muitas pessoas aqui do bairro já apresentaram problemas respiratórios, ficaram doentes mesmo. Também tem o odor, que é insuportável. Essa fumaça é podre, tóxica. As cinzas mancham as paredes, a cerâmica, e as nossas roupas. Aqui, nós não temos mais vida", disse. 

Ainda de acordo com Ezaquiel Costa, os moradores já tentaram resolver o impasse por diversas vezes, em reuniões com representantes da empresa. "Já fizemos muitos protestos. Eles sempre dizem que vão dar um jeito, mas sempre voltam com essa prática, de incinerar e produzir essa fumaça tóxica", afirmou. 

Nos últimos dias, os moradores voltaram a realizar protestos nas proximidades da empresa. Eles afirmam que o problema também atinge outros bairros localizados nas proximidades do bairro Arreias. 

De acordo com informações coletadas no site oficial, a empresa Raiz Soluções em Resíduos presta serviços para condomínios e empresas, que geram resíduos comerciais, industriais e hospitalares. 
 
Os moradores acreditam que, por conta dos materiais incinerados, a fumaça emitida pode ser tóxica, potencializando ainda mais os riscos à saúde. 
 

Outro Lado 

Procurada pela reportagem, a empresa Raiz Soluções disse, por meio de nota, que "funciona há 11 anos regularmente na área que é Distrito Industrial e com todas as autorizações ambientais e sanitárias emitidas pelos órgãos fiscalizadores". 

A empresa também lamentou as recentes manifestações de moradores no local e disse que sempre esteve aberta ao diálogo. "A empresa sempre esteve aberta ao diálogo com a comunidade, principalmente onde está instalada, e foi surpreendida pela primeira manifestação há cerca de 15 dias ocasião que reuniões foram realizadas com representantes da comunidade em que reivindicações foram apresentadas e atendidas", diz a nota da empresa. 

Na nota, a empresa também afirma que articula a sua "transferência para outro local, devido expansão da atividades". 

Já Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semam) informou que a empresa Raiz Soluções em Resíduos já recebeu a autorização para adquirir um novo incinerador, que deve ser instalado no Pólo Empresarial Sul. De acordo com  a pasta, o compromisso é que, com a instalação do novo equipamento, haja a desativação dos trabalhos de incineração no imóvel do bairro Arreias. 

"A empresa Raiz Soluções recebeu da secretaria municipal, há aproximadamente 15 dias, a licença  ambiental para aquisição e instalação de um novo equipamento incinerador em terreno localizado no Pólo empresarial Sul. Com esse processo a empresa está habilitada a adquirir esse novo equipamento e instalá-lo. Com isso, eles irão desativar o incinerador que hoje funciona no imóvel no bairro Areias, que faz parte do limite do Distrito Industrial de Teresina",  informou o secretário executivo da Semam, Claudinei Feitosa. 

 

 

Natanael Souza

[email protected] 

 

Imprimir