Cidadeverde.com
Últimas

Piauí registra 26 mortes por covid e mais de 1.300 casos em 24 horas

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

Atualizada às 21h04

O Piauí registrou 26 novas mortes e 1.364 casos de infecção pelo coronavírus nas últimas 24 horas. Os dados foram atualizados na noite desta quarta-feira (22), pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi). 

Com os novos números, o Piauí agora contabiliza 43.179 casos confirmados e 1.184 mortes no total acumulado desde março, quando foram feitos os primeiros registros no estado. 

Foram seis mortes de pacientes de Teresina: cinco homens (72, 74, 82, 86 e 88 anos) e uma mulher (74 anos). A capital tem 630 óbitos por covid-19. 

Parnaíba agora tem 105 mortes pelo novo coronavírus. A última vítima foi uma mulher de 41 anos. 

Campo Maior registrou sua 27ª morte: uma mulher de 93 anos.

Barras confirmou seu 23º óbito: um homem de 76 anos.

Buriti dos Lopes chegou a 10 óbitos. Os últimos casos foram de uma mulher de 38 e um homem de 74 anos. 

Mais dois óbitos foram registrados em Uruçuí: um homem de 53 e uma mulher de 95 anos. Agora são 13 mortes de pacientes do município. 

Porto chegou a seis mortes com mais duas confirmações: uma mulher de 74 anos e um homem de 75 anos. 

Ainda foram confirmadas a 12ª morte de Cocal (homem, 88 anos), a nona de Altos (homem, 83 anos), a sétima de Batalha (mulher, 85 anos) e Bom Jesus (mulher, 75 anos), a quarta de Beneditinos (mulher, 90 anos), Cajueiro da Praia (homem, 82 anos) e São José do Divino (homem, 92 anos), e a terceira de Passagem Franca (homem, 84 anos) e São João da Serra (mulher, 64 anos). 

Com os primeiros óbitos de Cocal de Telha (mulher, 74 anos) e Cocal dos Alves (muher, 47 anos), são 116 os municípios do Piauí com mortes por covid. 

 

Casos confirmados
Com o primeiro caso em Nova Santa Rita, subiu para 218 o número de municípios com casos confirmados do novo coronavírus.

Teresina (14.595), Parnaíba (4.647) e Picos (1.503) são os municípios com mais casos confirmados no estado. 

Situação hospitalar
Foram registradas 76 altas médicas nas últimas 24 horas, o maior número em um único dia até agora. Isso ajudou a reduzir a ocupação de leitos de 893 para 871. 

São 543 pacientes internados em leitos clínicos, 19 em estabilização e 309 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs). 

 

Fábio Lima
[email protected]

Imprimir