Cidadeverde.com
Política

Fábio Novo participa de reunião com Lula e reforça pré-candidatura

Imprimir

Fotos: João Albert

O deputado estadual Fábio Novo, pré-candidato à Prefeitura de Teresina pelo Partido dos Trabalhadores (PT), participou, nesta segunda-feira (10), de uma reunião com a presidenta do PT Nacional, Gleisi Hoffmann, o ex-presidente Lula, os ex-ministros Fernando Haddad e Luiz Dulci, além de outras lideranças do partido. A reunião, realizada por videoconferência, também contou com a presença de todos os pré-candidatos do Nordeste às eleições municipais.

“A estratégia do PT é lançar candidaturas próprias nas grandes cidades. Das 27 capitais do país, teremos candidatos em 22 delas. De 96 cidades, cujas pesquisas apontam para o segundo turno, o PT terá candidato em 84”, afirmou Gleisi Hoffman. O objetivo da reunião era ouvir os pré-candidatos, as lideranças do PT Nacional, e traçar estratégias para a campanha em todo o Nordeste.

O ex-presidente Lula destacou a renovação dos quadros do PT e se disse orgulhoso com tantas candidaturas dentro do partido. “Devemos mobilizar a sociedade e ir ao encontro do povo, para ouvir esse novo chamamento. Dá pra defender os mais pobres e, de forma harmoniosa, construir uma boa relação com os mais ricos. Nos meus governos, pobres e ricos ganharam. Eu gosto de jogadores que querem jogar, que correm atrás da bola. Se você tem uma causa, faça da sua causa a razão de ser. Estou a disposição para viajar e ajudar todos os nossos candidatos”, disse.

O pré-candidato a prefeito em Teresina, Fábio Novo, falou sobre a importância dos governos Lula e Dilma para a capital. “Grandes obras foram realizadas durante os governos de Lula e Dilma. Na habitação, por exemplo, foi construído e entregue o maior residencial do Piauí, o Jacinta Andrade, além da Vila Irmã Dulce. Também foi durante a gestão de Lula e Dilma que foi possível concluir obras como do Hospital Universitário, do Hospital de Urgências de Teresina e da Ponte Estaiada”, completou.

Fábio falou ainda do desafio em vencer o “antipetismo” e de mostrar que há nomes dentro do partido que podem fazer a diferença em muitas cidades do país. “Temos um PT pacificado, que já conta com o apoio do PC do B e do Solidariedade. Estamos otimistas e vamos seguir firmes, apresentando mais propostas para Teresina”, finalizou Fábio Novo. 

Da Redação
[email protected]

Imprimir