Cidadeverde.com
Cidades

Mão Santa minimiza coronavírus em missa e bispo reage a discurso

Imprimir

O bispo de Parnaíba, Dom Juarez Sousa, se mostrou incomodado com o discurso do prefeito Mão Santa durante a missa pela comemoração dos 176 anos do município nesta sexta-feira (14). Ao comentar sobre a pandemia do novo coronavírus, o gestor disse que nunca se preocupou com o vírus e que ele é "mascarado" de interesse político para derrubar o presidente Jair Bolsonaro. A celebração foi transmitida pelas redes sociais.

“Esse negócio de vírus, vocês sabem que sou médico, eu nunca me preocupei, a minha mãe, a minha igreja me ensinou a temer a Deus. Temer a um vírus mascarado por um interesse político para querer derrubar o presidente da República", disse Mão Santa.

Logo em seguida, o bispo retrucou que não poderia concordar com o discurso de que o coronovírus não seria grave.

"Permita-me dizer que não posso concordar com esse discurso de que o coronavírus não é grave. É grave e não podemos levar esse discurso de subestimação desse mal. Não posso deixar também de alertar o povo de Deus que nos escuta a continuar tendo o cuidado. Cuidado conosco e cuidado com os outros", afirmou.

Dom Juarez disse ainda que a população não pode agir como autoridades políticas têm feito: sem sensibilidade aos mortos pela covid-19.

"Não podemos agir como autoridades do nosso país agem sem empatia e sensibilidade com tantas pessoas que morrem e tantas famílias de luto. Eu assino uma carta ao povo de Deus e defendo aquilo que nós escrevemos de que não podemos agir contra a vida", finalizou.

A missa aconteceu na Igreja Mãe da Divina Graça.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir