Cidadeverde.com
Geral

Gerência de Polícia Especializada realiza 51 prisões durante a pandemia, aponta balanço

Imprimir

Foto: Roberta Aline/Cidadeverde.com

A Gerência de Polícia Especializada da Delegacia Geral de Polícia Civil divulgou nesta terça-feira (18) um balanço de sua atuação durante o período da pandemia da Covid-19.  De acordo com o levantamento, foram realizadas 51 prisões, no período entre março e agosto de 2020. 

No período também foram apreendias três armas, 26 telefones celulares, dez veículos, e R$ 300 mil em bens apreendidos.

De acordo com o Delegado Matheus Zanatta, coordenador da GPE, mesmo durante o período de decretos de isolamento social, com restrições no atendimento, as ações continuaram sendo executadas. 

"É um trabalho de equipe, onde os investigadores e escrivães lotados aqui no GPE se destacam bastante, pelo afinco e profissionalismo, mesmo nesses momentos de crise", disse. 

o delegado também destaca que, durante a pandemia  da Covid-19, a Gerência de Polícia Especializada conseguiu desenvolver duas operações de repercussão nacional. 

Em março, foi deflagrada a operação Precatório, que resultou na prisão de prisão de acusados que se passavam por autoridades públicas para conseguir informações de vítimas sobre o recebimento de precatórios. A segunda fase dessa operação foi realizada no mês de junho, com mandados cumpridos no Piauí e no Ceará. 

A segunda operação de repercussão nacional foi a Catfish, deflagrada em agosto, que resultou na prisão de duas pessoas acusadas de criar perfis falsos para enganar pessoas, que acabavam se apaixonando e realizando transferências em dinheiro. 

 


Natanael Souza (Com informações da Polícia Civil)
[email protected] 

Imprimir