Cidadeverde.com
Geral

Garis cobram pagamento de ticket alimentação e ameaçam parar atividades

Imprimir
Foto: Arquivo 
Os trabalhadores terceirizados que atuam na limpeza urbana de Teresina cobram o pagamento do ticket alimentação referente ao último mês. De acordo com a categoria, o valor deveria ter sido pago no dia 14 de julho, mas até o momento não foi creditado.
 
Por conta do atraso, alguns trabalhadores ameaçam paralisar as atividades a partir desta sexta-feira (21), como forma de pressionar a empresa CTA a regularizar a situação. 
 
Aproximadamente, 1200 trabalhadores terceirizados atuam em Teresina nos serviços de capina, varrição e coleta domiciliar de lixo, nas quatro regiões da cidade. 
 
Apesar da possibilidade levantada por membros da categoria ouvidos pelo Cidadeverde.com, o sindicato que representa a categoria nega paralisação e diz que o pagamento deve ser efetivado ainda nas próximas horas. "A informação que temos é que a empresa vai efetuar esse pagamento ainda hoje. Caso isso não aconteça, o sindicato vai adotar as medidas cabíveis", afirmou o diretor do sindicato, Dionatan Silva. 
 
Procurada pela reportagem, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Habitação (Semduh), responsável pela gestão dos serviços de limpeza pública em Teresina, informou ainda hoje (20) o pagamento do ticket deverá ser regularizado por parte da empresa. A pasta também informou que não foi notificada sobre uma possível paralisação dos trabalhadores. 
 
 
Natanael Souza
Imprimir