Cidadeverde.com
Entretenimento

Filha de Arnaldo Saccomani diz que cantou a ele antes de sua morte

Imprimir

Foto: Reprodução/instagram/@thaissaccomanilococo

Filha do produtor Arnaldo Saccomani, 71, a cantora e compositora Thais Saccomani falou como foi a última noite com o pai. "Ele faleceu em casa perto de mim. Minha mãe tinha ido descansar e minha irmã estava dormindo no sofá. Eu fiquei com ele, cantarolei nossa música de maior sucesso, 'Sorria'. Achei que isso o ajudaria na passagem", relembra Thais, em entrevista à reportagem.

"No momento que eu cantava a respiração foi ficando mais lenta até o total desencarno", disse. O que fica para ela e toda a família a partir de agora é o novo ano da guarda que têm. "Um espírito de muita luz que veio com a missão de ajudar as pessoas", acrescenta.

O produtor musical, compositor, instrumentista e jurado de programas de TV Arnaldo Saccomani morreu na madrugada desta quinta-feira (27), aos 71 anos, em Indaiatuba (a 103 km de São Paulo). Ele estava em casa acompanhado da família. Saccomani tinha insuficiência renal e diabetes. Ele deixa a mulher e duas filhas.

Protagonista de uma longa trajetória profissional no mercado da música, ele ajudou a construir o sucesso de artistas como Tim Maia, Rita Lee, Ronnie Von, Fábio Jr. e, mais recentemente, Larissa Manoela. Foi também empresário de Tiririca, que encontrou por meio de uma fita pirata levada por um sócio.

Apesar de pouco reconhecido, teve participação importante na criação do grupo Mamonas Assassinas -negociou a contratação dos artistas pela gravadora EMI. Entre suas composições de sucesso estão hits dos grupos Fat Family, os Travessos e Sampa Crew.
O corpo do produtor foi velado e sepultado na tarde desta quinta-feira (27) no Cemitério Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes (Grande SP).

Foto: Reprodução/instagram/@arnaldosaccomanitv

ARTISTAS LAMENTAM
Famosos usaram as redes sociais para lamentar a perda. Larissa Manoela também compartilhou um depoimento sobre a morte de Saccomani nas redes sociais. Segundo ela, o produtor foi o responsável pelo primeiro CD de estúdio da artista.

"O meu sentimento é de total gratidão a ele que foi a pessoa que me deu a oportunidade de gravar a minha primeira música e meu primeiro CD. Ele confiou em mim e entregou a música 'Beijo Beijinho Beijão' para eu interpretar na trilha sonora de 'Carrossel'", escreveu a atriz, agora contratada da Globo.

Mara Maravilha disse que seu coração amanheceu muito triste. "Mais uma pessoa tão importante para mim e para todos que o conhecia, vai para um hábito que desconhecemos (...) Arnaldo Saccomani sempre extraordinário comigo e com a minha carreira musical. Sou eternamente grata a você meu amado", afirmou a cantora nas redes sociais.

O produtor musical Rick Bonadio contou, logo após saber da morte, que Saccomani foi quem ofereceu as primeiras oportunidades para sua carreira na música. "Foi um dos maiores produtores musicais desse país, se não o maior", disse Bonadio. "Talentoso, carismático e o rei dos comentários inesperados, mas profundamente pertinentes".

Os cantores Latino e Adryana Ribeiro também fizeram textos para se despedir do amigo.

 

Fonte: Folhapress

Imprimir