Cidadeverde.com
Geral

Empresária morre eletrocutada em restaurante na zona Norte de Teresina

Imprimir

Foto: reprodução Facebook

A dona de um restaurante no bairro Água Mineral, zona Norte de Teresina, morreu eletrocutada na noite de ontem (12). Kerollayne Oliveira, 25 anos, lavava seu estabelecimento comercial quando sofreu uma descarga elétrica. Ela  ainda chegou a ser levada com vida ao hospital, mas após algumas paradas cardíacas, não resistiu e morreu ainda durante o sábado. 

Por estar lavando o restaurante, ela estava molhada, mas ainda não há a confirmação de como sofreu a descarga elétrica. 

Além de empreendedora, Kerollayne era voluntária há sete meses na ONG Mundo Colorido que ajuda famílias carentes no Piauí. 

"Ela estava conosco há sete meses e participou ativamente de duas campanhas. Era sempre muito disposta. Tudo ela topava e o que ela podia fazer ela fazia. Muito batalhadora e sempre alegre. Estava mais feliz esses dias porque na terça-feira uma equipe de TV do Rio de Janeiro vinha para cá conheceu nosso trabalho e a história de uma criança que tinha o sonho de beber água gelada. Vai fazer muita falta", disse Amanda Paz, voluntária e uma das fundadoras da ONG Mundo Colorido. 

Kerollayne Oliveira deixa o esposo e uma filha que completou um ano de idade no fim de agosto.

O velório da empresária acontece na casa da sogra também na zona Norte de Teresina. Pelas redes sociais, amigos lamentaram a perda de Kerollayne que compartilhou seus últimos momentos no Instagram fazendo compras, escovando o cabelo e também indicando o contato de um médico que pretendia levar a filha. 


Graciane Sousa
[email protected]

Imprimir