Cidadeverde.com
Últimas

Procon recebe denúncias que preço do arroz chega a R$ 40 em Teresina

Imprimir

Foto: Roberta Aline

Um pacote de arroz com cinco quilos já chega a ser vendido por até R$ 40 em alguns estabelecimentos comerciais de Teresina, de acordo com denúncias que chegaram nos últimos dias ao Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon), do Ministério Público Estadual. Há cerca de dois meses, o preço médio do mesmo produto era de R$ 14 no mercado teresinense. 

Para apurar as denúncias e coibir eventuais irregularidades, o Procon deu início nesta segunda-feira (14) a mais uma rodada de fiscalizações em supermercados e distribuidoras de produtos alimentícios. Duas equipes devem realizar o trabalho, que também terá como foco a fiscalização de possíveis aumentos abusivos em outros itens da cesta básica.  

"O objetivo é verificar essas possíveis irregularidades e autuar logo essas empresas,que terão que apresentar suas defesa. Na maioria das vezes, o comerciante diz que está apenas repassando a elevação que recebe da fábrica, mas ele precisa apresentar as notas fiscais que comprovem isso", explicou o chefe de fiscalização do Procon, Arimateia Arêa Leão. 

Em caso de irregularidade comprovada, o estabelecimento pode ser punido com uma multa que pode chegar à R$ 10 milhões, dependendo do tamanho. 

Como denunciar

Para denunciar irregularidades identificadas, como aumentos abusivos de preços, o consumidor pode entrar em contato com o Procon através do e-mail :  [email protected] ou nos telefones (86) 98162-8247/ (86) 98190-7983/ (86) 98195-5177/ (86) 98122-4746.

O Procon recomenda também que o consumidor pegue a nota fiscal, se possível tire uma foto e encaminhe para os canais de comunicação. . 

 

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Ainda não sabe como acionar o Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon)? Estão aqui nossos contatos!?? Nossos servidores, que estão em regime de teletrabalho, atendem de 8h às 13h. Por meio dessas linhas, você pode tirar dúvidas, registrar reclamações e fazer denúncias referentes às relações de consumo. Também pode enviar sua reclamação para [email protected], encaminhando em anexo RG, CPF, comprovante de residência e demais documentos referentes ao caso. Ontem nossos fiscais autuaram três estabelecimentos por aumento de preço de máscaras e álcool em gel. Estamos mais presentes que nunca para, juntos, atravessarmos essa fase! ?????????????? . #DefesadoConsumidor #Procon #Consumidor #TeleTrabalho #DireitosdoConsumidor #MPPISemprePresente

Uma publicação compartilhada por Ministe?rio Pu?blico do Piaui? (@mppioficial) em

 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir