Cidadeverde.com
Geral

Vídeo: suspeito de esfaquear e matar guarda municipal é preso

Imprimir

Vídeo recebido via Whatsapp

Atualizada às 16h

O mototaxista suspeito de esfaquear e matar o guarda municipal Marcos Vinicius Santos Cronemberger foi preso nesta quinta-feira (24) no município de Cajueiro da Praia.  A comandante da Guarda Municipal de Parnaíba, Penélope Miranda, confirmou a prisão ao Cidadeverde.com.  O mototaxista foi identificado como Marcos Veras. 

O crime ocorreu na praça da Garça na cidade de Parnaíba na quarta-feira (23). Outro guarda municipal também foi ferido e está no Hospital Estadual Dirceu Arcoverde (HEDA). A direção do HEDA informou que somente está autorizada a repassar informações sobre o estado de saúde do guarda municipal David Sampaio aos familiares ou com a autorização dos mesmos. 

O Cidadeverde.com apurou que o suspeito estava em um ponto no Centro de Parnaíba, que só poderia ficar os mototaxistas credenciados para aquele local. Os dois guardas foram notificar o mototaxista para aplicar a multa, quando foram surpreendidos com os golpes de faca.

O preso foi levado à Central de Flangrantes de Parnaíba. Familiares e amigos sepultaram Marcos Vinicus na tarde desta quinta-feira (24)

Prisão

O comandante do 2º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Antônio Pacífico, relatou ao Cidadeverde.com que o suspeito - identificado como Marcos Veras - foi preso na praia de Barra Grande, na cidade de Cajueiro da Praia. Ele não resistiu a prisão, estava sozinho e sem armas. 

"Desde o ocorrido nós iniciamos as diligências para prendê-lo, como ele já era conhecido da população, facilitou encontrá-lo. Disseram que ele estaria em Barra Grande, nossos policiais do serviço de inteligência fez o deslocamento e constatou que ele estava lá".

No momento da prisão pelos policiais militares, o mototaxista alegou que teve uma discussão com os guardas.  "Ele já é suspeito de outro homicídio em 2007", acrescentou o tenente-coronel.  

O suspeito afirmou aos policiais quer perdeu a faca usada no crime.

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

 

Imprimir