Cidadeverde.com
Política

Governador garante que Consórcio se manterá unido em prol do Nordeste

Imprimir
  • gov-4.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-12.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-11.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-10.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-9.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-8.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-7.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-6.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-5.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-3.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov-2.jpg Roberta Aline / Cidade Verde
  • gov.jpg Roberta Aline / Cidade Verde

Recém empossado presidente do Consórcio Nordeste, o governador Wellington Dias (PT) garantiu nesta quarta-feira (30) que os nove estados vão se manter unidos em prol da região. O Consórcio tem realizado embates com o presidente Jair Bolsonaro, principalmente na pandemia, e realização ações conjuntas em áreas como Segurança Pública, Saúde e Turismo. 

“Estou bastante animado. A confiança dos nove governadores. Acho que temos o melhor ambiente de compreensão. Somos uma região do Brasil e do mundo que tem 54 milhões de pessoas. Temos um dos maiores Produto Interno Bruto (PIB) do planeta. O Nordeste brasileiro é maior tanto em população quanto em PIB do que 164 países do mundo. Acertando de que vamos revigorar o Fórum dos Governadores e quero trabalhar o objetivo principal que é cuidar da gestão integrada”, afirma.

Segundo Wellington Dias, o Consórcio tem a importância de unir os estados para reivindicar ações junto ao Governo Federal e o Congresso Nacional. 

“O Piauí tem potencial de turismo. Queremos trabalhar um plano que integre com os atrativos do Maranhão, Ceará, Rio Grande do Norte entre outros. Integrar a malha rodoviária. Integração do setor de inteligência, da segurança, da saúde e vamos tratar dos interesses do Nordeste  trabalhando juntos, mas não isolados. Assim teremos mais força”, destaca. 

Na manhã desta quarta-feira (30), o governador vistoriou a obra de reforma do Hospital Infantil de Teresina. “Temos um investimento de cerca de R$ 9 milhões dentro do Pró-Piauí e no Pró-Saúde onde o objetivo é  a partir da reforma de um conjunto de áreas UTI e vamos ampliar de nove para 26 leitos de UTI. Ampliamos a parte de laboratórios, consultórios, parte de farmácias e garantindo que toda a estrutura seja modernizada. Aparelhos modernos, seja tomógrafos e área de radiologia”, disse. 

Lídia Brito
[email protected]

Imprimir