Cidadeverde.com
Viver Bem

Fumantes precisam ficar atentos com o câncer de laringe

Imprimir

Fumantes com mais de 40 anos ou com histórico de câncer na região da cabeça ou pescoço precisam ficar atentos com um problema grave: o câncer de laringe.  Abandonar o vício é muito importante para evitar essa e outras complicações para a saúde. Além disso, pessoas com esse perfil devem procurar um especialista com urgência para uma avaliação.

O assunto é importante e, por isso, possui uma campanha nacional de conscientização. Isso porque os quadros inflamatórios e infecciosos na região da garganta acabam sendo banalizados porque são muito frequentes, principalmente entre os profissionais que exigem muito da voz no dia a dia, como os professores.

Alerta

Episódios de rouquidão ou quadros inflamatórios na garganta são corriqueiros. Na maioria das vezes são quadros virais, que não precisam de antibióticos. O problema é quando esses quadros são crônicos. Quando essas pessoas têm alergia nas vias aéreas superiores, acabam tendo problemas que impactam na qualidade de vida.

O tabagismo ainda é a principal causa do câncer de toda a região da cabeça. Essa afirmativa também se aplica à laringe: 95% dos pacientes são fumantes. O risco torna-se ainda maior quando a pessoa ainda faz o uso abusivo da bebida alcóolica, multiplicando assim as chances de desenvolver um câncer.

Além de procurar um médico para uma avaliação geral, é muito importante desenvolver hábitos saudável, com uma alimentação equilibrada e a prática de atividade física periódica, além do abandono do cigarro. A tarefa pode não ser tão fácil, mas existem várias formam de deixar o vício. Profissionais da saúde especializados também podem auxiliar nessa missão.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir