Cidadeverde.com
Esporte

Liga dos Campeões terá duelo entre Messi e Cristiano Ronaldo na fase de grupos

Imprimir

Foto: Laurence Griffiths/DiaEsportivo/Folhapress

A Liga dos Campeões da Europa terá um confronto precoce entre os dois craques que têm dominado o futebol mundial nos últimos anos. Nesta quinta-feira, a Uefa sorteou os grupos da competição e definiu que a Juventus, de Cristiano Ronaldo, e o Barcelona, de Messi, estarão na mesma chave, a G.

O português e o argentino não foram protagonistas na Liga dos Campeões na temporada passada, tanto que seus times caíram nas quartas de final, mas o confronto deverá reforçar as atenções sobre ambos. O Grupo G ainda conta com o Dínamo de Kiev e o húngaro Ferencvaros, coadjuvantes dos times dos dois craques.

O confronto entre Messi e Cristiano Ronaldo na Liga dos Campeões não é inédito, mas nunca aconteceu tão cedo. O craque argentino, sempre pelo Barcelona, se deu melhor na decisão da temporada 2008/2009, diante do Manchester United, e na semifinal da 2010/2011, contra o Real Madrid. E ainda marcou gols em ambas as séries - três. Já o português se deu melhor na temporada 2007/2008, mas semifinais, quando ainda estava no futebol inglês

Em outras competições de clubes e também pelas seleções, já ocorreram 35 duelos entre Messi e Cristiano Ronaldo. E a vantagem é do craque argentino, com 16 vitórias, 10 derrotas e 9 empates.

Eles não duelam pelos seus times desde junho de 2018, antes da transferência do português para a Juventus. E o último confronto, entre Barcelona e Real Madrid, terminou empatado em 2 a 2.

Finalistas da Liga dos Campeões na temporada passada, Bayern de Munique e Paris Saint-Germain não devem ter vida fácil em suas chaves, especialmente o time francês. Afinal, é o cabeça de chave do Grupo H e terá pela frente o Manchester United, além do RB Leizpig, a quem eliminou nas semifinais da última edição do torneio. A chave é completada pelo Istanbul Basaksehir. Já o Bayern vai encarar o Atlético de Madrid, pelo Grupo A, que também conta com o austríaco Salzburg e o Lokomotiv Moscou.

Maior vencedor do torneio, o Real Madrid terá a Inter de Milão como adversário mais tradicional no Grupo B. A chave é completada por Borussia Mönchengladbach e Shakhtar Donetsk.

A fase de grupos da Liga dos Campeões começará em 20 de outubro, com a sua última rodada prevista para os dias 8 e 9 de dezembro. Inicialmente, o torneio terá seus jogos sendo disputados sem a torcedores, mas a presença de público nos estádios poderá ser liberada pelas autoridades locais de acordo com a evolução da pandemia do coronavírus - por outro lado, não está descartada a possibilidade de se realizarem jogos em campos neutros dependendo do número de casos da doença.

Em função da crise sanitária, o sorteio da Liga dos Campeões foi realizada em um cenário bem diferente do usual, marcado por uma festa de gala, que inclui a premiação aos melhores jogadores da temporada anterior na sede da Uefa, em Nyon. Dessa vez, o evento ocorreu em Genebra, com a presença restrita de participantes.

O sorteio foi realizado pelo marfinense Didier Drogba e pelo francês Florent Malouda, ex-jogadores do Chelsea. E estava pré-determinado que times do mesmo país não poderiam se enfrentar, assim como equipes da Rússia e da Ucrânia.

A Uefa definiu 29 de maio do próximo ano como data para a decisão da Liga dos Campeões, em Istambul. Confira os grupos da competição na temporada 2020/2021:

Grupo A: Bayern de Munique, Atlético de Madrid, Salzburg e Lokomotiv Moscou.

Grupo B: Real Madrid, Shakhtar Donetsk, Inter de Milão e Borussia Mönchengladbach.

Grupo C: Porto, Manchester City, Olympiacos e Olympique de Marselha.

Grupo D: Liverpool, Ajax, Atalanta e Midjtylland.

Grupo E: Sevilla, Chelsea, Krasnodar e Rennes.

Grupo F: Zenit, Borussia Dortmund, Lazio e Brugge.

Grupo G: Juventus, Barcelona, Dínamo de Kiev e Ferencvaros.

Grupo H: PSG, Manchester United, RB Leipzig e Istanbul Basaksehir.

Por Leandro Silveira
Estadão Conteúdo

Imprimir