Cidadeverde.com
Geral

Grupos armados explodem caixas eletrônicos de agência do interior e no TRE-PI

Imprimir

Foto: reprodução WhatsApp

Agência bancária do TRE que foi alvo dos criminosos em Teresina

Duas agências bancárias foram alvos de assaltantes neste domingo (04) no Piauí. Os grupos explodiram os caixas eletrônicos de uma agência na cidade de Miguel Alves e os disponíveis na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PI) na cidade de Teresina. Até o momento não há confirmação se os dois grupos fazem parte da mesma quadrilha.               

O comandante do 1º  Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Maurício de Lacerda, informou ao Cidadeverde.com que a ação no TRE-PI ocorreu por volta das 5h20.

"Dois elementos pularam a grade de proteção e renderam o vigilante. Eles obrigaram o vigilante a abrir o portão para entrar mais quatro elementos. Eles colocaram os explosivos e explodiram os caixas eletrônicos. Teve a explosão e eles fugiram com o dinheiro", disse.

O grupo da ação criminosa no TRE também levou o colete e o armamento do vigilante. Eles fugiram em um carro modelo Hillux - cor branca.

Acionada, a Polícia Militar foi até o local e isolou a área, comunicando o fato às polícias Civil e Federal.

O Cidadeverde.com apurou que a estrutura do TRE-PI não sofreu danos e que o funcionamento nas demais áreas aguarda posicionamento da polícia, devido a investigação do crime. 

 

Agência de Miguel Alves

Um grupo armado explodiu uma agência bancária na cidade de Miguel Alves, a 110 km de Teresina, na madrugada deste domingo (04). A Polícia Militar informou "um artefato explosivo não foi detonado e ficou dentro da agência", que ficou destruída na ação. Populares foram feitos de refém.

O arrombamento ocorreu por volta das 3h da manhã e a ação foi rápida. Os alarmes de segurança da agência dispararam. Não há informações oficiais sobre a quantia em dinheiro roubada pelos assaltantes.

"Durante a fuga, os bandidos trocaram tiros com a polícia e levaram cinco pessoas como reféns, que foram liberados logo depois na saída da cidade. Os dois carros utilizados na fuga foram queimados", informou a PM.

Os assaltantes estavam divididos em dois carros, que fugiram da cidade rumo ao estado do Maranhão.  

"Dez bandidos, utilizando dois veículos, fizeram cerca de cinco pessoas que estavam em um bar de reféns e levaram ao banco. Eles estouraram o caixa. Demoraram uns 40 minutos, segundo a equipe que foi ao local. Depois do roubo eles liberaram os reféns. A ocorrência ainda está em andamento. O banco ainda está isolado porque há suspeita que ainda tenha explosivos lá dentro", diz o comandante da 2ª Companhia do 16º Batalhão da Polícia Militar, capitão Miguel Luz.   

As equipes da Polícia Militar estão em diligências com o objetivo de localizar os acusados e informaram a ocorrência à Polícia Civil

 

Carlienne Carpaso
[email protected] 

Imprimir