Cidadeverde.com
Esporte

A vitória riverina sobre o Santos-AP por 3 x 1 na Série D

Imprimir

O técnico Flávio Araújo mudou a formação do River para enfrentar o Santos do Amapá no Estádio Albertão, escalando Max e Érico Júnior no ataque e Darlan na zaga. O futebol riverino, porém, continuou o mesmo de antes: sem vibração e com padrão técnico muito baixo. 

Foto - Victor Costa - River AC

Ainda assim conseguiu abrir a contagem aos 29 minutos através de Max. Ainda no primeiro tempo cedeu o empate. Gol do zagueiro Dedé para o Santos aos 45 minutos.

É importante salientar que o goleiro Vinícius do Santos deixou o campo por lesão ainda no primeiro tempo e foi para a meta o lateral Otávio. Não havia goleiro disponível no banco. Sabem quantas defesas o Otávio fez em todo o jogo? 

Apenas uma em chute conhecido como peteleco, comprovando a mediocridade do tricolor piauiense. O lateral atuou como goleiro aproximadamente 70 minutos.

Apesar disso tudo, a vitória veio. Erivan marcou aos 3 minutos do segundo tempo e Bruninho, concluindo jogada partida da esquerda garantiu a vitória aos 44 minutos, após o time amapaense ameaçar o empate em algumas oportunidades. 

Mesmo com pouco futebol, valeu a vitória tricolor garantindo a conquista dos 3 pontos. Dois jogadores que entraram em campo nas substituições(Erivan e Bruninho) fizeram os gols da vitória. Flávio Araújo vai continuar o seu trabalho para melhorar a equipe nos próximos jogos.

Ficha técnica de River 3 x 1 Santos do Amapá:

Local - Estádio Albertão

1º tempo - empate de 1 x 1, gols de Max aos 29 minutos para o River e Dedé aos 44 minutos para o Santos.

2º tempo - River 2 x 0, gols de Erivan aos 3 minutos e Bruninho aos 44, fechando o placar de 3 x 1.

Final - River 3 x 1 Santos.

River - Vinicius;Edy, Leone, Darlan e Igo Tavares; Guto (João Paulo), Diego Aragão(Daniel Bagaceira), João Gabril e Jairinho(Erivan); Érico Júnior (Bruninho) e Max (Ronald). Técnico - Flávio Araújo.

Santos - Vinícius(Otávio, o lateral); Juninho, Dedé, João Pedro e Otávio (Bruno) ; Lessandro (Palito), Marabá, Mateus e Rafinha; Weldon e Fabinho (Evandro, mais tarde Batata). Técnico - Édson Porto.

Árbitro - Christiano Nascimento-DF.

Assistentes - Janystone Rebelo de Melo-PI e Raimundo David dos Reis Alves.

4º árbitro - Ideilon Hélton Alves Lima.

Analista de campo - Karol Venícius Mendes Soares Martins.

Expulsões - João Gabriel (River) e Juninho (Santos), ambas no segundo tempo.

Com a vitória, o River  chegou a 10 pontos e subiu da quinta para a terceira posição na classificação no Grupo A-2 da Série D. O próximo jogo do River será domingo (18) em Roraima com o São Raimundo.

Dídimo de Castro 
[email protected]

Imprimir