Cidadeverde.com
Geral

Guardador de carros é assassinado em motel no Centro de Teresina

Imprimir

Foto: Indira Gomes/TV Cidade Verde

O guardador de carros Francisco Pinto Santos, 42 anos, conhecido como Tigrão, foi morto nesta madrugada(22), na rua João Cabral, no Centro de Teresina. Ele estava em um imóvel que teria sido alvo de pelo menos três assaltos anteriormente. Tigrão foi morto a pedradas, facadas e tesouradas e ainda teria sido estrangulado, depois de travar luta corporal com o assassino. 

De acordo com as informações preliminares apuradas pela TV Cidade Verde, ele tem um relacionamento amoroso com a dona do local, conhecida como Francisca, que aluga os quartos para pontos de encontro e com os assaltos, ele teria começado a dormir no local para tentar inibir a ação dos assaltantes. 

A primeira hipótese levantada no local é de que na madrugada desta quinta(22), um bandido teria entrado pela janela, roubado R$ 50 e provavelmente queria o dinheiro que estava em uma caixa que tinha segredo. A vítima teria resistido e reagido, travado luta corporal, pela maneira como o corpo foi encontrado e as manchas de sangue espalhadas no local.

O corpo foi encontrado na manhã de hoje pela companheira da vítima, que acionou a polícia. 

“É um ambiente fechado, vamos procurar imagens de segurança ao redor e já apreendemos faca, tesoura e pedra que estavam no local. A perícia também recolheu materiais que podem ser colhidos DNA”, informou a delegada do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) Luana Alves, que esteve no local.

O corpo foi recolhido pelo Instituto Médico Legal (IML). 


Flash de Indira Gomes (TV Cidade Verde)
Redação Caroline Oliveira 
[email protected]

Imprimir