Cidadeverde.com
Entretenimento

Ana Maria Braga e personalidades lamentam a morte do ator Tom Veiga, o Louro José

Imprimir

 

 


Artistas e personalidades lamentaram a morte do ator Tom Veiga, o intérprete do papagaio Louro José, do programa Mais Você. Ele foi encontrado morto neste domingo, 1º de novembro, em sua casa na Barra da Tijuca, segundo a Rede Globo.

Ao lado da apresentadora Ana Maria Braga, o ator somou mais de 20 anos de trabalho no programa da Rede Globo.

"A fragilidade da vida nos pegou mais uma vez de surpresa e me deixou completamente sem chão. "O momento agora é de oração", disse a apresentadora em uma rede social.

Artistas e personalidades também homenagearam Veiga nas redes. O perfil de A Turma da Mônica, de Mauricio de Sousa, postou homenagem ao ator. A atriz Regiane Alves relembrou dos encontros com o personagem de Tom Veiga. "Obrigada por ter tornado nossas manhãs mais divertidas", disse.

O Corinthians prestou homenagem ao ator. "O Timão se solidariza aos familiares e amigos desejando muita força neste momento de dor e luto."

A atriz Ana Furtado relembrou do convívio com o criador de Louro José. "Trouxe alegria e momentos memoráveis para a televisão brasileira com o nosso eterno e icônico Louro José. Um cara querido, doce e talentoso com quem tive o prazer de trabalhar junto algumas vezes. Querido Tom, descanse em paz."

 

 

 

O escritor e roteirista Walcyr Carrasco prestou solidariedade à apresentadora Ana Maria Braga, além de homenagear Tom. "Acabei de saber do falecimento do ator Tom Veiga, intérprete do Louro José, personagem do

@MaisVoce. Ele que alegrava as nossas manhãs junto com a minha amiga @anamaria16. Meus sentimentos! Vá em paz, Tom!"

O ator e ex-BBB Kaysar Dadour lamentou a morte do ator. "Nós somos Primos e temos o mesmo tamanho do nariz vc sempre foi maravilhoso comigo, com o coração apertado escrevo esta mensagem Meu sentimento a todos os familiares e que Deus abençoe sua alma @lourojose"

"O Louro José foi uma das maiores criações da história da TV brasileira", disse o influenciador digital Felipe Neto.

 

Fonte: Estadão Conteúdo

 

 

Imprimir