Cidadeverde.com
Geral

Covid: Piauí tem 63 leitos prorrogados em dois hospitais

Imprimir

Foto: Arquivo/Cidade Verde

O Ministério da Saúde prorrogou, nesta quinta-feira (12/11), o custeio da manutenção de mais 671 leitos de UTI Adulto para tratamento de paciente com Covid-19 em 11 estados, com investimento de R$ 31,7 milhões. A prorrogação representa 75,9 % dos leitos habilitados para pacientes com Covid-19 no Sistema Único de Saúde (SUS). A ação é como parte do apoio estratégico do Governo Federal no atendimento aos entes federados no combate à pandemia.

No Piauí são 63, sendo 53 no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) e 1o no Hospital Universitário (HU).

Ao todo, já foram prorrogados 11.908 leitos de UTI com investimentos de R$ 570,1 milhões. Desde o início da pandemia, a pasta da Saúde já custeou a manutenção de 15.687 leitos de UTI, sendo 237 leitos pediátricos. O Valor investido pelo Governo Federal é de R$ 2,2 bilhões, pago em parcela única para que os estados e municípios façam o custeio dessas unidades pelos próximos 90 dias – ou enquanto houver necessidade em decorrência da pandemia.

Cada leito de UTI exclusivo para o atendimento aos pacientes com Covid-19 custa diariamente o dobro do valor habitual para leitos de UTI, passando de R$ 800 para R$ 1.600. Os gestores dos estados e municípios recebem o valor antes mesmo da ocupação dos leitos. As medidas fortalecem a rede pública dos estados e municípios e leva atendimento para população em todo o país. Os recursos são repassados a partir da publicação das portarias no Diário Oficial da União.

Apesar de estados e municípios terem autonomia para criar e habilitar os leitos necessários, o Ministério da Saúde, em decorrência do atual cenário de emergência, tem apoiado irrestritamente as secretarias estaduais e municipais e investido em ações, serviços e infraestrutura para o enfrentamento da doença. O objetivo é cuidar da saúde de todos e salvar vidas.

Fonte: MS

Tags: HUcovid-19
Imprimir