Cidadeverde.com
Cidades

Prata do Piauí decreta lockdown após aumento de casos da covid e prefeito testar positivo

Imprimir

Foto: Reprodução/Google Maps

A prefeitura de Prata do Piauí, município distante cerca de 90 Km da capital, decretou lockdown em virtude do aumento de casos da covid-19 na região. A medida, que restringe atividades comerciais e proíbe aglomerações,  entrou em vigor na última sexta-feira, 20 de novembro, e vale até o dia 08 de dezembro, podendo ainda ser prorrogada. 

De acordo com o painel epidemiológico da Secretaria de Saúde, Prata do Piauí, que tem pouco mais de 3 mil habitantes, registra 65 casos confirmados da Covid-19 e nenhuma morte. 

Entre as justificativas apresentadas no decreto, assinado pelo prefeito Willhelm Barbosa  (PT), está o aumento do "número de pessoas que testaram positivo para covid-19 nos últimos dias e o intenso fluxo de pessoas, inclusive crianças e adolescentes, circulando desnecessariamente nas ruas, praças e localidades da zona rural do município". 

O decreto estabelece a proibição de aglomerações de pessoas em praça pública, calçadas de residências ou em frente a estabelecimentos comerciais, com exceção de clientes que estão à espera de atendimento, observando a distância mínima de dois metros entre pessoas.  

O decreto também proíbe o funcionamento do comércio de bebidas alcóolicas. O funcionamento bares, restaurantes, lanchonetes, sorveterias e trailers também fica suspenso, ficando autorizado apenas a venda através do sistema de delivery. 

Também ficou defina a proibição do funcionamento de clubes, academias, casas de espetáculos, além de eventos esportivos, públicos e privados. Atividades religiosas também foram suspensas, ficando permitidas somente as transmissões por meio de redes sociais. 

Os proprietários de estabelecimentos comerciais que descumprirem as determinações expressas no decreto ficam sujeitos a multas no valor de R$ 1 mil, além do fechamento imediato e proibição de funcionar por tempo indeterminado. 

O decreto da Prefeitura de Prata do Piauí também estabelece horário de funcionamento de atividades essenciais, bem como as exigências para o funcionamento das atividades, como o fornecimento de equipamentos de proteção e controle da movimentação de pessoas. 

 

Confira a íntegra do decreto


Prefeito testa positivo

Entre os moradores de Prata do Piauí que testaram positivo para a Covid-19 está o próprio prefeito, Willhelm Barbosa. Com sintomas da doença, ele cumpre isolamento social desde a semana passada em sua residência em Teresina. 

"Estou fazendo tratamento em casa mesmo, isolado. Não foi preciso internação. Já tive febre, tosse e falta de ar, mas estou bem melhor e tomando medicamentos", informou o prefeito ao cidadeverde.com, ao ressaltar que o pai, de 83 anos, também testou positivo e cumpre isolamento social. 

Foto: Arquivo Pessoal

Willhelm Barbosa associa o aumento dos casos de Covid-19 em Prata do Piauí e região ao período eleitoral. Ele acredita que muitos eleitores que moram em outras cidades e votam no município podem ter contribuído com o aumento da contaminação. 

"Simplesmente, a doença se espalhou. A cada dia, temos percebido o aumento do número de casos. Muitas pessoas, de Teresina e outros locais, estiveram em Prata o que causou esse aumento. Já estamos com  72 casos. Está controlado, mas resolvemos fortalecer a prevenção", disse o prefeito, que pretende retomar suas atividades na administração do município em sete dias. 

Willhelm Barbosa, o Neguim Barbosa (PT) disputou a reeleição no último dia 15 de novembro, mas acabou derrotado por Neto Mendes (Progressistas), que obteve 52% dos votos válidos. 

 

 


Natanael Souza
[email protected] 

Imprimir