Cidadeverde.com
Últimas

Amigos fazem vaquinha para pagar tratamento médico de atleta

Imprimir

Foto: Divulgação

O atleta piauiense Arthur Farias tenta voltar aos treinos após sofrer um grave acidente em Parnaíba, no litoral do Piauí. Ele treinava para as competições Picos Pro Race e o Rally Piocerá em uma estrada localizada na zona rural do município, quando uma moto colidiu frontalmente com sua bicicleta a mais ou menos 35km/h. Ele sofreu fraturas no rosto e na clavícula e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). O acidente aconteceu no dia 7 de novembro.

“Foi numa estrada rural nos tabuleiros. Eu estava com um amigo, por coincidência, já que eu costumo andar sozinho. Fiquei internado uns 7 dias, mas agora estou na casa dos meus pais em Teresina. Tive fratura na clavícula e inúmeras no rosto e punho”, contou o atleta ao Cidadeverde.com

Arthur Farias iniciou hoje as sessões de fisioterapia bucomaxilofacial, mas seu plano de saúde não cobre, o que torna o tratamento caro.

“Comecei a fazer hoje a fisioterapia do rosto, que o plano de saúde não cobre. A sessão é cara e não sei quantas eu vou precisar. Vou precisar também para a clavícula, que provavelmente não serão pelo plano”, lamenta.

Amigos dele fizeram uma vaquinha virtual que pode ser acessada no link: https://www.vakinha.com.br/vaquinha/acidente-de-bike

Além do tratamento, o atleta pede ajuda para conseguir comprar uma bicicleta nova. A dele, avaliada em R$ 10 mil, ficou totalmente destruída.

“Minha bike ficou destruída. Bike de carbono. Acabou com a bicicleta e nem sei se tem jeito e não sei se ainda terei coragem de andar nela. O que vier está bom demais. Se eu puder comprar outra bike, pois vou precisar para voltar o quanto antes, mas primeiramente são as sessões de fisioterapia”, finalizou.

Arthur Farias tem 28 anos e acumula diversos títulos. Em 2017 foi campeão estadual de duathlon. Foi por duas vezes vice-campeão do Rally Cerapio-Piocerá na categoria duplas, duas vezes campeão Duathlon Monsterman no formato 10k/60k/10k, além de ter alcançado a marca de 4h46m na prova do IronMan 70.3.

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir