Cidadeverde.com
Política

Juíza tira do ar propaganda de TV do Dr. Pessoa; candidato contesta

Imprimir

Foto: reprodução TV

A juíza Tânia Regina Sousa, da 63ª zona eleitoral – responsável pela propaganda do Rádio e TV – suspendeu o programa eleitoral do candidato Dr. Pessoa (MDB), que seria veiculado na noite desta segunda-feira (23).

Veja decisão da justiça aqui

A coligação “O povo faz acontecer” do candidato Kleber Montezuna (PSDB) ingressou com ação afirmando que o programa estava violando o estatuto da pessoa com deficiência, que exige que a propaganda eleitoral tenha legendas, interpretes de libras e áudio descrição. A juíza acatou o pedido e suspendeu todo o programa.

“O candidato desrespeitou a lei de acessibilidade, uma conquista que ocorreu as duras penas e é um direito do cidadão”, disse Georgia Nunes, que defende a coligação do Kleber Montezuma.

O portal Cidadeverde.com procurou a assessoria de Dr. Pessoa que informou que a coligação de Kleber Montezuma alegou à “justiça erroneamente” que o programa não possuía legendas aparentes. 

“Sempre de acordo com o TSE, todos os programas da nossa campanha possuem libras, audiodescrição e legendas ocultas em close caption. Eles induziram a justiça ao erro e é isso que os poderosos fazem quando estão em desespero”, diz a nota.

 

Flash Yala Sena
[email protected]

Imprimir