Cidadeverde.com
Esporte

Cruzeiro ganha consistência com Felipão, e próxima meta é engatar sequência

Imprimir

Na noite do último sábado (5), o Cruzeiro deu mais uma prova de que vem evoluindo sob o comando de Luiz Felipe Scolari. Na goleada de 4 a 1 contra o Brasil-RS, além de voltar a vencer dentro de casa, a equipe deu um novo sinal de solidez dentro de campo.

Outro antigo problema que já parece estar sendo solucionado é a base do time, muitas vezes incerta durante a temporada, mas que agora vai ganhando um padrão com o técnico pentacampeão. Agora, o objetivo passa a ser engatar uma sequência de vitórias superior a dois jogos, o que ainda não aconteceu com o comandante.

Apesar de não contar com um meia organizador, Felipão parece ter encontrado a formação ideal do Cruzeiro com três volantes e três atacantes. Pelo menos até agora, a estratégia tem surtido efeito para ter uma equipe equilibrada em campo. 

No meio, Filipe Machado cresceu e ganhou novas funções que vão além da marcação, passando a auxiliar na criação das jogadas. No ataque, Sóbis virou a figura central desde que retornou ao clube. 

Líder, ele não só contribuiu com sua experiência aos mais novos, mas dá o exemplo com participações importantes na hora de atacar, movimentando-se muito e até ajudando na recomposição. Em cinco jogos pelo Cruzeiro, já tem quatro gols e uma assistência.

Com Felipão no comando, o aproveitamento do Cruzeiro já subiu para exatos 70%, superior ao rendimento de qualquer outro time na tabela. Como a única meta traçada pelo técnico (pelo menos até aqui) é de evitar o rebaixamento, os números já estão satisfatórios. 

Mas se quiser sonhar mais alto, o time ainda terá que melhorar. Para efeito de comparação, se mantiver o atual rendimento, o máximo que o Cruzeiro chegaria no final do campeonato seria aos 59 pontos, pontuação considerada insuficiente pelos matemáticos para conquistar o acesso.

Agora, Felipão e companhia vão atrás de uma sequência de vitórias para começar a deixar a luta contra o rebaixamento para trás. Somente nas três primeiras rodadas da Série B a equipe conseguiu três vitórias seguidas. 

Com o atual treinador e no atual momento, já são dois triunfos seguidos. E os próximos compromissos serão fora de casa. Começando pela partida desta terça-feira contra o CRB, que eliminou o clube da Copa do Brasil. Em seguida, o desafio será contra o Vitória, em Salvador.

Fonte: UOL-FOLHAPRESS

Imprimir