Cidadeverde.com
Política

Maia diz que decisão da Anvisa evita abertura de CPI e dá tranquilidade

Imprimir

Foto: Carolina Antunes/PR

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a decisão da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) de aprovar regras que autorizem o uso emergencial e em caráter experimental de vacinas contra a covid-19 vai evitar a abertura de uma CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para investigar a agência. Maia disse que já havia proposto a CPI a alguns líderes para investigar a atuação dos técnicos do órgão regulador e apurar as causas do atraso nessas autorizações.

"A Anvisa, felizmente, toma uma decisão que nos dá mais tranquilidade. Estávamos caminhando para propor uma CPI de investigação dentro da Anvisa para que os responsáveis sobre esse atraso de uma decisão de uma agência que é de Estado, não é de governo, do porquê esse atraso vinha ocorrendo", disse.

Maia afirmou que o tema da vacina é de alto risco e tem causado desespero nas famílias. "A gente está acompanhando pelas redes sociais, pelas pesquisas. O desespero das famílias está aumentando a cada dia. A falta de uma luz no fim do túnel aumenta esse desespero e daqui a pouco a gente vai ver os ricos, aqueles que têm condições, indo para o Chile e para Londres, e os brasileiros aqui sendo contaminados sem leitos para cuidar dessa doença", disse.

Fonte: Estadão Conteúdo

Imprimir