Cidadeverde.com
Esporte

Real Brasília vence o Tiradentes e garante vaga na Série A do brasileirão feminino

Imprimir

O Tiradentes bem que tentou, na base da raça e dedicação, mas nem todo o esforço empenhado foi suficiente para sair com a classificação para as semifinais do Campeonato Brasileiro de Futebol Feminino – Serie A2, na tarde desta sexta-feira (11), no estádio Albertão.

As tigresas perderam para o Real Brasília-DF, por 1x0, e deram adeus à competição e ao sonho de disputar a elite do futebol brasileiro na próxima temporada. O time brasiliense, por sua vez, espera agora as vencedoras do confronto entre Napoli-SC e Juventus-SP, já com a vaga para a série 2021 garantida. 

O Jogo
Demonstrando a mesma solidez defensiva que caracterizou a equipe durante toda a competição, o Real Brasília conseguiu dominar as ações durante quase todo o primeiro tempo, imprimindo maioria numérica no meio campo e encaixotando o Tiradentes na sua intermediária. 

A melhor arma ofensiva do time piauiense na primeira etapa foi a atacante Janete, mas que, com a falta de companheiras para triangular, virava presa fácil para a defesa do Real. 

No fim da primeira etapa, um pouco de emoção. Aos 42 minutos, Dani Silva tenta um gol olímpico para as leoas do Distrito Federal, mas para no travessão. A resposta veio de imediato, dois minutos depois, Vilma cobra falta direto para o  gol e carimba a trave da goleira Flávia.

Na volta do intervalo, precisando de dois gols para igual o placar agregado, o técnico Toinho promoveu a entrada de Adrielle no lugar de Adrea. A mexida não foi suficiente, e o Tigre continuava preso na boa marcação da equipe de Brasília. Aos cinco minutos do segundo tempo, a zagueira Isabela subiu mais alto e cabeceou para abrir o placar. 

Mesmo com novas alterações, a tônica do jogo permaneceu até o final e o Tiradentes foi eliminado da competição e frustra o sonho de compor a elite do futebol feminino brasileiro.

Tigre “bate na trave” pela segunda vez nos últimos quatro anos

Assim como em 2017, o Tiradentes esteve próximo de conseguir a façanha de se classificar para a primeira divisão do futebol brasileiro. À época, a equipe do técnico Toinho caiu para a Portuguesa-SP, na fase semifinal.

Pablo Cavalcante
[email protected]

Imprimir