Cidadeverde.com
Geral

Suspeito de participar do assalto à Caixa é preso e PF confirma que dinheiro foi levado

Imprimir

A Polícia Federal informou neste sábado (12) que a Polícia Militar prendeu um suspeito de participar do assalto à agência da Caixa no bairro Dirceu Arcoverde, na tarde de ontem, na zona Sudeste de Teresina. Pelo menos oito pessoas participaram do crime, que aconteceu por volta das 13h. Houve intensa troca de tiros com policiais que passavam pelo local.

A PF informou que lavrou flagrante da prisão de dois homens detidos pela PM, porém, só um tinha participação direta com o assalto.

"Um dos presos não tinha nenhuma relação com o crime, porém, foi preso por porte ilegal de arma, por ter pego uma arma deixada no local por um dos assaltantes. O outro tinha envolvimento direto com o delito", informou a PF em nota.

Os presos já foram transferidos para o sistema prisional. A PF informou ainda que os bandidos, mesmo sendo surpreendidos pela ação policial, conseguiram levar dinheiro do banco. A quantia não foi divulgada.

Veja nota da PF

A Polícia Federal lavrou flagrante da prisão de 2 homens detidos pela PM, durante assalto a Caixa Econômica do bairro Dirceu, na tarde de ontem (11/12).
Um dos presos não tinha nenhuma relação com o crime, porém foi preso por porte ilegal de arma, por ter pego uma arma deixada no local por um dos assaltantes. O outro tinha envolvimento direto com o delito.
 
Providência: instaurado Inquérito policial e análise pericial do local do crime. 
Os presos já foram transferidos para o sistema prisional.

Entenda o caso

Homens encapuzados tentaram assaltar uma agência bancária da Caixa localizada na avenida Joaquim Nelson, no bairro Dirceu Arcoverde, na zona Sudeste na tarde desta sexta-feira. Moradores da região filmaram a quadrilha tentando fugir em um veículo. Pelo menos oito pessoas estão envolvidas.

Moradores do bairro tentaram  se proteger atrás de postes e lojas para não serem atingidos pelos tiros. Motoristas que seguiam pela avenida tiveram que retornar para escapar do tiroteio.

A polícia informou que os bandidos entraram na agência por volta das 13h. Uma viatura da PM passava pelo local e trocou tiros com a quadrilha. Policiais civis à paisana também ajudaram os PMs.

A quadrilha só conseguiu deixar o local em um táxi. Imagens mostram clientes deitados no chão, outros abaixados, no interior da agência. Alguns se trancaram no banheiro.

Na fuga, eles invadiram uma casa na região. A Polícia apreendeu uma pistola.40, espingarda calibre 12, roupas e sapatos  que  seriam dos suspeitos do crime no quintal de uma residência no Parque Ideal. 

Hérlon Moraes
[email protected]

Imprimir